Info

Futebolistas do Arouca encontram instalações fechadas no regresso aos treinos

| Desporto
Porto Canal com Lusa

O plantel de futebol do Arouca, despromovido no domingo ao Campeonato de Portugal, deparou-se hoje com as instalações do clube encerradas quando se apresentou para treinar, informou o Sindicato dos Jogadores (SJ), em comunicado.

Atualizado 22-05-2019 11:07

A estrutura sindical dos futebolistas refere que "não existe, neste momento, da parte da administração qualquer resposta para o sucedido, nem informação sobre o que irá acontecer nos próximos dias".

Segundo o SJ, as preocupações dos jogadores relativamente ao futuro do clube e ao seu futuro profissional aumentaram depois de a comunicação social noticiar que a direção vai apresentar um pedido de insolvência.

O sindicato referiu que está a tentar contactar a liga de clubes para obter mais detalhes e lembrou que o "Arouca esteve sujeito aos mecanismos de controlo financeiro e foi licenciado para a competição".

No domingo, o Arouca foi despromovido ao Campeonato de Portugal, ao perder na visita à Oliveirense por 2-1, em jogo da 34.ª e última jornada da II Liga, na qual terminou em 16.º e antepenúltimo lugar.

+ notícias: Desporto

Torre de Moncorvo já mexe com a Taça dos campeões Dragon Force

Decorreu este sábado o primeiro dia da Taça dos campeões Dragon Force 2019 em Torre de Moncorvo. O Dragon Force Foz foi o campeão nacional de sub 14 enquanto a escola portista de Braga triunfou no escalão de sub 15, numa jornada animada de futebol no nordeste transmontano.

8ª edição do Dia do Clube debate assuntos do FC Porto no Dragão

Celebrou-se este sábado a 8ª edição do Dia do Clube no Estádio do Dragão. O evento, organizado por sócios e adeptos do azuis e brancos, reuniu caras conhecidas da família portista para debater assuntos do FC Porto.

"Vítor Oliveira é o motor mas o elevador da subida é a estrutura do clube"

A menos de dois meses do início da próxima edição da Liga NOS, Paços de Ferreira está de regresso ao escalão maior do futebol português. Em entrevista exclusiva ao Porto canal, Paulo Meneses, presidente do clube, fala da mistura de sentimentos entre a tristeza da descida em 2017/2018 e a alegria pela subida alcançada na última época. No terceiro mandato como líder da formação pacense, sublinha que o único objetivo para a próxima temporada é a manutenção e garante que abandona o cargo se o Paços se tornar SAD.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.