Info

Químico português Nuno Maulide distinguido pela Academia Austríaca de Ciências

| País
Porto Canal com Lusa

Redação, 30 jan (Lusa) - O químico português Nuno Maulide foi distinguido com o prémio Ignaz Lieben 2018, atribuído pela Academia Austríaca de Ciências, anunciou o Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier (ITQB), onde é professor convidado.

O prémio científico, o mais antigo da Áustria e no valor de cerca de 32 mil euros, é concedido a Nuno Maulide, de 39 anos, pelos "seus contributos excecionais" para o desenvolvimento de novos mecanismos de reação em química orgânica, refere o ITQB numa nota informativa.

Nuno Maulide é professor catedrático na Universidade de Viena, Áustria, e tem trabalhado na síntese de novas moléculas.

O prémio Ignaz Lieben, hoje entregue, distingue anualmente, desde 2004, jovens cientistas com menos de 40 anos que tenham contribuído significativamente nos domínios da biologia molecular, química ou física.

A distinção concedida pela Academia Austríaca de Ciências foi instituída em 1862 pelo comerciante austríaco Ignaz Lieben, pai de Adolf Lieben, que foi professor de química orgânica na mesma universidade onde leciona Nuno Maulide.

Após um interregno de 66 anos, entre 1938 e 2004, o prémio voltou a ser atribuído, mas nos atuais moldes.

Nuno Maulide já tinha sido premiado, há três semanas, na Áustria, como "Cientista do ano", pela Associação Nacional de Jornalistas de Ciência.

ER // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: País

Tempo de espera nos CTT é principal causa de insatisfação dos clientes

Um inquérito da associação Deco a 1.800 clientes dos CTT revela que esperam, em média, 18 minutos para serem atendidos e que o tempo de espera é o que causa mais insatisfação.

Juízes denunciam condições indignas de trabalho em vários Tribunais do país, muitos deles no Norte

As queixas sobre o mau estado de diversos Tribunais do país levaram a que os presidentes das 23 comarcas escrevessem 3500 páginas detalhando situações como buracos por onde chove, casas de banho entupidas e até pragas de piolhos. Este é o cenário retratado pelos juízes numa análise que foi feita ao longo do ano passado e agora revelada sendo que muitos desses cenários acontecem em Tribunais do Norte do país.

Associação de Farmácias alerta que há medicamentos que estão esgotados há mais de um ano

A Associação Nacional de Farmácias alerta que há medicamentos que estão esgotados há mais de um ano. A Ministra da Saúde reconhece os problemas e garante que a situação vai ser resolvida. Os medicamentos em causa são para tratamento de doenças como Parkinson, hipertensão e diabetes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.