Info

Circulação ferroviária condicionada em Valença após alerta de engenho explosivo

Circulação ferroviária condicionada em Valença após alerta de engenho explosivo
| Norte
Porto Canal com Lusa

A circulação ferroviária na linha do Minho, em Valença, está condicionada desde as 14h15, devido a um alerta de engenho explosivo disse à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

Segundo aquela fonte, "a circulação internacional entre Porto e Vigo está a ser canalizada para a linha 3, da estação de caminhos-de-ferro de Valença, uma vez que o engenho explosivo se encontra entre a linha 1 e a 2".

Contactada pela Lusa, fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo afirmou que o alerta foi dado, cerca das 13h40, por funcionário da CP.

"A GNR deslocou para o local uma patrulha que acionou a Unidade de Inativação de Explosivos de Braga. A equipa chegou ao local cerca das 15h50, tendo recolhido o artefacto e procedido à sua inativação, em segurança", especificou a fonte.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo adiantou que para o local foram mobilizadas duas viaturas e seis operacionais dos bombeiros voluntários de Valença, e o comandante municipal da proteção civil.

+ notícias: Norte

Confirmada morte de infetado com Covid-19 nas Águas do Porto, 40 trabalhadores em isolamento

A Câmara do Porto disse hoje que morreu um trabalhador da empresa municipal Águas do Porto com teste positivo à covid-19, mas que a causa da morte ainda está por apurar, e que há 40 funcionários em isolamento profilático.

Autarca garante "compromisso" de que linhas de metro na Maia "avançarão"

A Câmara da Maia disse hoje ter o "compromisso" da Área Metropolitana do Porto (AMP) de que as linhas de metro em projeto para aquele concelho "avançarão", frisando que o contrário "só poderia acontecer por maldade ou cegueira".

Região Norte regista mais de metade das novas infeções de Covid-19

Mais de metade dos novos casos de covid-19 contabilizados hoje situam-se na região Norte ao registar quase duas mil das 3.270 infeções das últimas 24 horas, indica o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.