Info

Rui Vilar eleito com "voto unânime" presidente do Conselho de Fundadores de Serralves

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 05 dez (Lusa) -- O ex-presidente da Fundação Calouste Gulbenkian Emílio Rui Vilar foi hoje eleito, "com o voto unânime", presidente do Conselho de Fundadores de Serralves, no Porto, substituindo no cargo Luís Braga da Cruz, anunciou a Fundação.

Rui Vilar, ex-presidente do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos (1989-1995), e ex-presidente da Fundação Calouste Gulbenkian (2002-2012), foi hoje eleito "com o voto unânime dos seus pares para o triénio 2019-2021", sucedendo a Luiz Braga da Cruz, lê-se no comunicado da Fundação Serralves, distribuído esta noite aos jornalistas, após a reunião anual do Conselho de Fundadores de Serralves, que teve a presença de "mais de uma centena de fundadores".

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, membro do Conselho Superior da Universidade Católica Portuguesa, Emílio Rui Vilar foi fundador e primeiro presidente da SEDES (1970-1972), secretário de Estado do Comércio Externo e Turismo do I Governo Provisório (1974), ministro da Economia dos II e III Governos Provisórios (1974-1975), e ministro dos Transportes e Comunicações do I Governo Constitucional (1976-1978).

Rui Vilar foi ainda vice-governador do Banco de Portugal (1975-1984), diretor-geral da Comissão das Comunidades Europeias, em Bruxelas (1986-1989) e Comissário Geral da Europália-Portugal (1989-1992).

Na reunião de hoje, o Conselho de Administração de Serralves, presidido por Ana Pinho, manifestou o seu "profundo agradecimento a Luís Braga da Cruz, pela dedicação empenhada que desde o primeiro dia devotou a Serralves", e que evocou razões pessoais para se afastar.

Na reunião do Conselho de Fundadores de Serralves, que decorreu no auditório de Serralves, foi ainda apresentando o plano de atividades para o próximo ano de 2019 e foi feito o balanço de 2018.

CCM // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

INEM confirma quatro vítimas mortais em queda de helicóptero, causas desconhecidas

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou este domingo a ocorrência de quatro vítimas mortais na sequência da queda do helicóptero de emergência médica, em Valongo, sem adiantar causas do acidente.

Presidente da República passa Natal junto de crianças com cancro do hospital do Porto

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje que vai passar o dia de Natal junto das crianças com cancro internadas no Hospital de São João, no Porto.

Falta de médicos força hospital S. Sebastião a encaminhar doentes para outros hospitais

Em Santa Maria da Feira faltam médicos no serviço de cardiologia na urgência do hospital S. Sebastião. Os doentes têm sido transferidos para o Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.