Info

Rui Vilar eleito com "voto unânime" presidente do Conselho de Fundadores de Serralves

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 05 dez (Lusa) -- O ex-presidente da Fundação Calouste Gulbenkian Emílio Rui Vilar foi hoje eleito, "com o voto unânime", presidente do Conselho de Fundadores de Serralves, no Porto, substituindo no cargo Luís Braga da Cruz, anunciou a Fundação.

Rui Vilar, ex-presidente do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos (1989-1995), e ex-presidente da Fundação Calouste Gulbenkian (2002-2012), foi hoje eleito "com o voto unânime dos seus pares para o triénio 2019-2021", sucedendo a Luiz Braga da Cruz, lê-se no comunicado da Fundação Serralves, distribuído esta noite aos jornalistas, após a reunião anual do Conselho de Fundadores de Serralves, que teve a presença de "mais de uma centena de fundadores".

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, membro do Conselho Superior da Universidade Católica Portuguesa, Emílio Rui Vilar foi fundador e primeiro presidente da SEDES (1970-1972), secretário de Estado do Comércio Externo e Turismo do I Governo Provisório (1974), ministro da Economia dos II e III Governos Provisórios (1974-1975), e ministro dos Transportes e Comunicações do I Governo Constitucional (1976-1978).

Rui Vilar foi ainda vice-governador do Banco de Portugal (1975-1984), diretor-geral da Comissão das Comunidades Europeias, em Bruxelas (1986-1989) e Comissário Geral da Europália-Portugal (1989-1992).

Na reunião de hoje, o Conselho de Administração de Serralves, presidido por Ana Pinho, manifestou o seu "profundo agradecimento a Luís Braga da Cruz, pela dedicação empenhada que desde o primeiro dia devotou a Serralves", e que evocou razões pessoais para se afastar.

Na reunião do Conselho de Fundadores de Serralves, que decorreu no auditório de Serralves, foi ainda apresentando o plano de atividades para o próximo ano de 2019 e foi feito o balanço de 2018.

CCM // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Associação Comercial do Porto diz que saída de Jorge Delgado não pode adiar Metro da cidade

A Associação Comercial do Porto avisou esta terça-feira que a saída de Jorge Delgado para o Governo não pode ser argumento para adiar as novas linhas do Metro do Porto, exigindo o avanço, a curto prazo, dos concursos públicos.

Exposição "I'm Your Mirror" de Joana Vasconcelos é inaugurada em Serralves

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves recebe esta segunda-feira a inauguração da exposição "I'm Your Mirror", da artista portuguesa Joana Vasconcelos, que viaja até ao Porto depois de apresentar a mostra no Museu Guggenheim de Bilbau.

Atualizado 19-02-2019 12:19

Socorro a idoso atrasado em Lamego por falta de autorização para helicóptero do INEM aterrar

O socorro a um idoso, vítima de queimaduras, em Lamego, foi atrasado no passado sábado porque o helicóptero do INEM não tinha autorização para aterrar por já ser de noite. Os bombeiros lamentam ainda que o doente tenha sido transportado de ambulância até ao Estádio da Régua para posteriormente poder ser levado de helicóptero para um centro hospitalar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.