Info

Acidentes rodoviários aumentaram e fizeram 460 mortos nos primeiros 11 meses do ano

Acidentes rodoviários aumentaram e fizeram 460 mortos nos primeiros 11 meses do ano
| País
Porto Canal com Lusa

Os acidentes rodoviários aumentaram nos primeiros 11 meses do ano e provocaram a morte a 460 pessoas, segundo o último relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

O documento, que abrange o período entre 01 de janeiro e 30 de novembro, regista 120.698 acidentes, mais do que no período homólogo do ano passado (118.290), 460 vítimas mortais (sem variação) e 1.905 feridos graves (menos 94).

Só na última semana de novembro morreram nas estradas portuguesas 14 pessoas e 40 ficaram gravemente feridas.

Nos primeiros 11 meses do ano, o distrito que mais acidentes registou foi o de Lisboa (24.090), seguido do Porto (21.897), Braga (10.243), Faro (9.890) e Aveiro (9.892).

Já o distrito onde se registaram mais vítimas mortais foi o de Setúbal (62), seguido do Porto (50), Lisboa (46), Faro (37) e Leiria (36).

Segundo o relatório da ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, Lisboa foi o distrito onde se registaram mais feridos graves (247), seguido de Santarém (191), Faro (186), Porto (170) e Setúbal (149).

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

+ notícias: País

Críticas à greve dos enfermeiros aumentam

Há cada mais vozes a questionar a duração e a forma como está a ser feita a greve dos enfermeiros. O Presidente da República, por exemplo, diz que a greve pode ser incompreendida pela sociedade e defende um equilíbrio entre as razões dos enfermeiros e os sacrifícios para utentes.

Descarrilamento de elétrico em Lisboa faz 28 feridos ligeiros

As autoridades conseguiram já desencarcerar todas as vítimas do descarrilamento do elétrico da carreira 25, em Lisboa, que provocou 28 feridos ligeiros, segundo o balanço dos bombeiros feito no local.

Legião da Boa Vontade entrega 800 cabazes de natal em todo o país

A Legião da Boa Vontade vai entregar em todo o país 800 cabazes de natal. Hoje cem famílias carenciadas de braga receberem alimentos e brinquedos.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.