Info

Perigo iminente de derrocada nas encostas da EN218 preocupa autarca de Vimioso

Perigo iminente de derrocada nas encostas da EN218 preocupa autarca de Vimioso
| Norte
Porto Canal com Lusa

O presidente da Câmara de Vimioso mostrou-se esta quinta-feira preocupado com "o perigo iminente" de derrocada nas encostas da EN218, que liga aquela sede de concelho à freguesia de Carção com prolongamento para a A4 e para Bragança.

"Basta que chova um bocadinho e esta estrada transforma-se numa dor de cabeça. Há o perigo iminente de derrocada de pedras de grandes dimensões, sendo comum deslocar as nossas máquinas para fazer a limpeza da via", disse à Lusa Jorge Fidalgo.

Segundo o autarca social-democrata, o troço Vimioso/Carção "não reúne as condições de segurança necessárias" para quem se desloca da sede de concelho, ou dos municípios vizinhos de Mogadouro e Miranda do Douro, para a capital de distrito, Bragança, ou para a Autoestrada Transmontana.

"A Infraestruturas de Portugal (IP) conhece esta realidade, porque ano após ano têm sido notificados e documentados com fotografias, dos acidentes e derrocadas que ocorrem neste percurso cada vez mais e de que nós tememos que estas situações tragam alguma tragédia", vincou.

Jorge Fidalgo lembra que cerca de 60 % dos alunos que estudam no Agrupamento de Escolas de Vimioso são provenientes de localidades servidas por esta estrada, "o que aumenta o grau de preocupação, já que há a circulação diária de autocarros que transportam crianças e jovens".

"Os motoristas dos autocarros de transporte de alunos ficam atormentados quanto têm de passar naquele troço da EN218", indicou o autarca.

A revindicação antiga da construção de uma nova travessia sobre o rio Maçãs, de acordo com os responsáveis autárquicos do concelho de Vimioso, poderia trazer "uma nova e segura forma de fazer este importante percurso rodoviário ".

O autarca garante que o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) para a construção de uma nova ponte sobre o rio Maçãs, que ligue Vimioso a Carção para evitar este troço de estrada, já se encontra no sítio da internet da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para discussão pública.

"Espero que após terminar o prazo de consulta pública do EIA e parecer favorável se possa promover a conclusão do projeto de construção da travessia sobre o rio Maçãs. Na minha opinião, há condições reunidas para que o concurso da empreitada seja lançado em 2019, basta que haja vontade política", enfatizou.

Segundo Jorge fidalgo, a construção de uma nova ponte sobre o rio Maçãs, no concelho de Vimioso, e acessos da estrada 218 têm um investimento previsto de 20 milhões de euros.

A Lusa contactou a IP, mas até não foi possível obter esclarecimentos, até ao momento, relativos ao processo da EN218.

+ notícias: Norte

Bragança tem um novo laboratório para potenciar a agricultura e o desenvolvimento sustentável

O laboratório cooperativo de Bragança abriu, no início do mês, e conta já com 24 postos de trabalho qualificados. As principais áreas de intervenção são a agricultura e o desenvolvimento sustentável e tem como objetivo promover o desenvolvimento económico da região e o emprego qualificado.

Festa no Gerês acaba com cenas de pancadaria e dois feridos no hospital

Duas pessoas ficaram feridas numa festa em Rio Caldo, no Gerês, ao final do dia deste domingo, devido a desacatos entre os intervenientes da festa - a sexta edição do “Match – Gerês Sunset”. O caso ficou viral na internet devido aos vídeos que demonstram ao aparato dos desacatos.

Incêndio destrói armazém de lenha em Santa Maria da Feira

Um incêndio destruiu este domingo ao início da tarde um armazém de lenha em Santa Maria da Feira sem causar feridos mas obrigou à retirada de um idosa acamada que estava numa casa junto ao armazém, apurou o Porto Canal no local.

Atualizado 17-06-2019 10:56

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.