Info

Portugal com maior défice orçamental em 22 Estados-membros no 2º trimestre

Portugal com maior défice orçamental em 22 Estados-membros no 2º trimestre
| Economia
Porto Canal com Lusa

Portugal teve o maior défice orçamental (-2,7% do PIB) no segundo trimestre do ano entre os 22 Estados-membros para os quais há dados disponíveis, segundo dados dvulgados esta terça-feira  pelo Eurostat.

O défice português agravou-se, no segundo trimestre, face aos 1,5% homólogos e aos 0,6% dos primeiros três meses do ano.

De acordo com o gabinete estatístico da União Europeia (UE), o défice público da zona euro recuou entre abril e junho para os 0,1%, o valor mais baixo registado desde 2002 e que se compara com os 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do trimestre anterior e os 1,4% homólogos.

Na UE, o défice também recuou para valores mínimos desde 2002 - ano em que se iniciaram as séries cronológicas comparáveis - com um rácio de 0,3% do PIB (0,5% no primeiro trimestre e 1,4% homólogo).

Entre os 22 Estados-membros para os quais há dados disponíveis, Portugal apresentou o maior défice orçamental (-2,7%), seguindo-se França (-2,5%) a Roménia (-2,2%) e o reino Unido (-1,8%).

Malta (4,9%), Letónia (2,5%), Alemanha (2,4%) e o Luxemburgo (2,3%) registaram os maiores excedentes orçamentais.

+ notícias: Economia

Desempregados inscritos diminuem 15,3% em fevereiro para 342,7 mil

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego foi em fevereiro de 342.702, uma descida homóloga de 15,3% e uma quebra de 2,3% face a janeiro, divulgou hoje o Instituto do Emprego e Formação Profissional.

António Costa afirma que exportações agroalimentares pesam quase tanto quanto as do calçado e têxtil

O primeiro-ministro disse hoje, em Dusseldorf, na Alemanha, que as exportações do setor agroalimentar, que estão atualmente em cerca de sete mil milhões de euros, representam quase o volume conjunto do setor do calçado e do têxtil.

Há alunos com necessidades especiais que perderam apoios com novo regime legal

Das cerca de 20% de escolas do continente ouvidas pela Fenprof num inquérito sobre o novo regime de educação inclusiva muitas criticam a falta de recursos para implementá-lo e algumas afirmam que há alunos que perderam apoios.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.