Info

Ex-presidente da Águas de Portugal Pedro Serra eleito para Comité da ONU

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 out (Lusa) - O ex-presidente da Águas de Portugal Pedro Cunha Serra foi hoje eleito para o Comité de Implementação da Convenção da Água da ONU, anunciou em comunicado a Agência Portuguesa do Ambiente, que promoveu a candidatura.

A eleição, por unanimidade, ocorreu na reunião das partes da Convenção da Água em Astana, no Cazaquistão.

O Comité de Implementação da Convenção da Água das Nações Unidas acompanha as partes e os candidatos à Convenção em assuntos relacionados com o cumprimento das metas e dos princípios da gestão sustentável da água.

Pedro Cunha Serra foi presidente da empresa Águas de Portugal, do Instituto da Água, do Instituto Regulador de Água e Resíduos e do Instituto das Estradas de Portugal.

Participou nas negociações da Convenção Luso-Espanhola de Albufeira para os rios internacionais ibéricos e nos trabalhos preparatórios da diretiva-quadro da União Europeia da Água e do Plano Nacional da Água.

Atualmente, é consultor do Ministério do Ambiente e coordenador da comissão portuguesa que acompanha a convenção luso-espanhola que gere os rios que atravessam os dois países.

ER // JMR

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Federação de Enfermeiros desmarca greve

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Enfermeiros (FENSE) levantou hoje a greve marcada para os dias 26, 27 e 28 de dezembro, avançou à Lusa um dirigente sindical.

Relatório preliminar da Proteção Civil aponta falhas nos procedimentos no acidente do helicóptero do INEM em Valongo

A Diretiva Operacional n. º4, da ANPC, determina que assim que haja conhecimento de um acidente com uma aeronave deve, em primeiro lugar, e o mais rápido possível, informar-se o Centro de Busca e Salvamento da Força Aérea.

Presidente da República pede “vontade política” para acabar com despejos que causam “novos sem-abrigo”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou este domingo para o “aparecimento de novos sem-abrigo” devido ao problema dos despejos nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, e pediu “vontade política” para acabar com este problema.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS