Info

Governo quer duplicar número de países com português no básico e secundário

Governo quer duplicar número de países com português no básico e secundário
| Política
Porto Canal com Lusa

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, anunciou hoje que o Governo quer "a breve prazo" duplicar o número de países com o português como língua internacional de opção no ensino básico e secundário.

"Neste momento, o número de países em que que há português como língua estrangeira no ensino básico ou secundário é de 20 e o nosso objetivo é duplicar esse número a breve prazo", disse Augusto Santos Silva, na apresentação Pública da Rede de Ensino de Português no Estrangeiro (EPE), no Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, em Lisboa.

O governante assinalou que mais de "300 mil pessoas estudam português" presentemente em todo o mundo, divididos por 70 mil na Língua de Herança, mais de 150 mil no ensino superior e 100 mil pessoas no ensino de português como língua estrangeira de opção.

+ notícias: Política

Tenente-general José Nunes da Fonseca novo chefe do Estado-Maior do Exército

O tenente-general José Nunes da Fonseca será o novo chefe do Estado-Maior do Exército, tendo o seu nome recebido parecer favorável por unanimidade do Conselho Superior do Exército, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa, em Bruxelas.

Governo quer proibir o uso de plásticos na Administração Pública

O Governo quer proibir o uso de plásticos na Administração Pública. O Conselho de Ministros aprovou uma medida para reduzir o consumo de papel e plástico em 25% num ano.

Portugueses mais distantes dos partidos abstêm-se mais

Os portugueses estão cada vez mais alheados e distantes dos partidos políticos e é este grupo com menos vontade de votar, conclui um estudo a ser divulgado hoje pelo “think tank” Portugal Talks.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.