Info

Homem barrica-se em casa com seis reféns em Valongo

| Norte
Porto Canal

Um homem com cerca de 50 anos barricou-se com seis reféns, entre eles uma mulher grávida, em Susão, Valongo, e provocou um forte aparato policial na zona, apurou o Porto Canal junto do CDOS do Porto e no local.

Atualizado 18-08-2018 11:40

Ao que o Porto Canal conseguiu apurar uma mulher grávida foi encaminhada para o Hospital de S. João, no Porto, por precaução. Entre os barricados estavam a esposa, duas filhas, dois filhos e o namorado de uma das filhas.

O alerta foi dado às 9h33 e as autoridades conseguiram retirar dois reféns, um deles a mulher grávida, às 12h30, e às 13 horas os outros reféns. Pelas 13h22 o barricado, que tem antecedentes psiquiátricos, foi detido e encaminhado para a esquadra da polícia de Valongo às 13h22.

De notar que já na quinta-feira à noite, a noite anterior ao sucedido, as autoridades tinham sido chamadas ao local.

+ notícias: Norte

Construção nas Fontainhas do Porto gera onda de contestação entre os moradores

Uma nova construção está a gerar polémica nas Fontainhas, no Porto. Os moradores já pediram embargo da obra que tapa as vistas para o Douro. A Câmara do Porto diz não ver desconformidades no projeto.

Despoluição e requalificação do Rio Tinto finalizada com investimento de 10 milhões de euros

O problema de poluição do Rio Tinto, que existia há várias décadas, está resolvido. Foram investidos perto de 10 milhões de euros para a despoluição e requalificação da área envolvente.

Funcionária da Câmara Municipal de Barcelos denuncia falta de condições de trabalho por laboral ao lado de casa de banho

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga "obrigou" a Câmara de Barcelos a recolocar no seu posto de trabalho original uma funcionária que tinha sido transferida para outro local, sem condições dignas e sem funções atribuídas. A mulher foi posta a trabalhar junto a uma casa de banho masculina.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.