Info

Matéria orgânica desconhecida interdita mar da praia do Cabo do Mundo em Matosinhos

Matéria orgânica desconhecida interdita mar da praia do Cabo do Mundo em Matosinhos
| Norte
Porto Canal com Lusa

A praia do Cabo do Mundo, em Perafita, Matosinhos, está este sábado desaconselhada a banhos uma vez que foi detetada matéria orgânica desconhecida no local, apurou o Porto Canal com fonte do Comando da Zona Marítima do Norte.

Atualizado 04-08-2018 18:20

Em declarações à Lusa, Rodrigues de Campos, comandante da Zona Marítima do Norte, explicou que está “içada a bandeira vermelha” e foi “arriada a bandeira azul da Praia do Cabo do Mundo”, porque foi detetado um “escorrimento para o mar” na sexta-feira passada e que alegadamente a origem é de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que existe em Leça da Palmeira (Matosinhos).

“A Agência Portuguesa do Ambiente está a desaconselhar os banhos nesta praia", adiantou a mesma fonte da autoridade marítima.

“Um escorrimento de uma ribeira, que alegadamente é proveniente de uma ETAR em Leça da Palmeira, começou na sexta-feira (dia 03 de agosto) na Praia Cabo do Mundo” e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) “classificou a praia com banhos desaconselhados”, porque poderia “colocar em causa a saúde pública”, acrescentou aquele responsável.

Rodrigues de Campos acrescentou que os serviços da Câmara de Matosinhos “estão a proceder à limpeza da areia”.

A Lusa contactou fonte do gabinete de imprensa da Câmara de Matosinhos que confirma que um “camião foi buscar lamas à ETAR", derramou "uma pequena quantidade na estrada" e a operação de limpeza da via acabou por "sujar a conduta de águas pluviais que drena para uma praia não concessionada, entre o aterro e o Cabo do Mundo”.

"Por precaução” decidiu-se que seria “preferível interditar a Praia do Cabo do Mundo até à realização de análises, na segunda-feira, dia 06 de agosto”, refere a mesma fonte da Câmara.

A Câmara de Matosinhos acredita que a praia possa vir a ser reaberta na segunda-feira com bandeira azul, tendo em conta a “pouca quantidade derramada” para o areal.

+ notícias: Norte

Presidente do Turismo do Norte volta ao TIC por alegada viciação de contratos

O presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, um dos cinco detidos por alegada viciação de procedimentos de contratação pública, voltou ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC), após uma primeira inquirição finda na madrugada deste sábado.

Autores de inquérito polémico a alunos do Porto diz que escola tinha conhecimento prévio

A associação que distribuiu um inquérito a alunos do 5.º ano com perguntas sobre opções sexuais garante que todos os materiais trabalhados com menores de idade são do conhecimento prévio das direções escolares.

Paradas buscas no mar dos três pescadores desparecidos ao largo de Espinho

As buscas no mar para tentar localizar três pescadores desaparecidos desde segunda-feira ao largo de Esmoriz, Espinho, pararam na sexta-feira, prosseguindo as operações na zona costeira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.