Info

Hells Angels: Interrogatórios prolongam-se por três dias

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 13 jul (Lusa) -- Os interrogatórios dos 58 elementos detidos do grupo de motociclistas Hells Angels vão ser repartidos por hoje à tarde, sábado e domingo, disse à Lusa fonte do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa.

Os interrogatórios de hoje começaram cerca das 16:00.

A juíza Maria Antónia Andrade decidiu dividir em grupos de cerca de 20 os arguidos detidos que vão ser ouvidos durante os três dias, após a identificação dos 58 elementos, que terminou pelas 07:00 de hoje.

Segundo fonte da defesa, poucos são os arguidos que vão prestar declarações sobre os factos de que estão indiciados, nomeadamente associação criminosa, tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física e tráfico de droga.

Um dos advogados presentes nas diligências disse aos jornalistas que o processo é composto por mais de quatro mil páginas.

Um 59ª elemento encontra-se detido na Alemanha.

A investigação do caso dos Hells Angels foi elaborada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal e pela Unidade Nacional Contra-terrorismo da Polícia Judiciária e os mandados de busca e de detenção foram executados na quarta-feira.

CC // HB

Lusa/Fim

+ notícias: País

Ministério esclarece que a partir de quarta-feira serão marcadas faltas a todos os enfermeiros grevistas

O Ministério da Saúde esclareceu esta terça-feira que a aplicação de faltas aos enfermeiros em greve será feita caso a caso até ao dia de hoje e que a partir de quarta-feira devem ser atribuídas faltas injustificadas a todos os que adiram à greve.

Procuradoria-Geral da República diz que paralisação dos enfermeiros é ilegal por não corresponder ao pré-aviso

A Procuradoria-Geral da República considerou a greve dos enfermeiros ilegal por não corresponder ao pré-aviso e porque o fundo usado para compensar a perda de salário não foi constituído nem gerido pelos sindicatos que decretaram a paralisação.

Alterações climáticas vão gerar verões tempestuosos e abafados

As alterações climáticas estão a mudar a energia na atmosfera, levando a verões mais tempestuosos, mas também a longos períodos quentes e abafados, com implicações na qualidade do ar, segundo um estudo hoje divulgado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.