Info

Sindicatos dos ferroviários e Governo chegam a acordo que suspende greves

Sindicatos dos ferroviários e Governo chegam a acordo que suspende greves
| País
Porto Canal com Lusa

Sindicatos dos ferroviários e Governo alcançaram hoje um acordo que permitiu suspender as greves marcadas para este fim de semana, disse hoje à Lusa fonte sindical.

"Acabou se ser assinado entre a Secretaria de Estado das Infraestruturas e Sindicatos (FECTRANS/SNTSF; SFRCI; ASCEF; SINAFE; SINFA e SINFB) um acordo sobre as questões da segurança ferroviária/agente único", tendo sido "suspensas as greves marcadas para este fim de semana", disse José Manuel Oliveira, coordenador nacional da Fectrans.

Em causa estavam greves na CP -- Comboios de Portugal, MEDWAY e TAKARGO.

Segundo o sindicalista, com este acordo fica encerrado o "conflito laboral".

+ notícias: País

Cerca de um quarto dos jovens portugueses acha normal o controlo e a violência sexual no namoro

Cerca de um quarto dos jovens portugueses acha normal o controlo e a violência sexual no namoro. Os dados da Umar e do Governo demonstram ainda que a maioria dos jovens já sofreu algum tipo de violência na relação.

Greve da função pública teve pouco impacto nos hospitais e nas escolas

A greve da função pública teve pouco impacto nos hospitais e nas escolas. Sexta-feira, o cenário deve complicar-se já que ao pessoal administrativo juntam-se os médicos e os técnicos de diagnóstico.

Mais de duas dezenas de hospitais com adesão à greve entre 75 e 100%

Mais de duas dezenas de hospitais de várias zonas do país apresentaram uma adesão entre os 75% e os 100% no turno da noite devido à greve de hoje da função pública, segundo dados da Frente Comum.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.