Info

CP prevê supressões de comboios na terça e quarta-feira devido à greve

CP prevê supressões de comboios na terça e quarta-feira devido à greve
| País
Porto Canal com Lusa

A CP prevê supressões e atrasos na circulação de comboios na terça e na quarta-feira, em todos os serviços, à exceção dos urbanos do Porto, devido à greve convocada por várias organizações sindicais.

Em comunicado, a empresa informa que, apesar de o Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social ter decretado a realização de serviços mínimos, "se preveem supressões e atrasos na circulação dos comboios em todos os serviços da CP, à exceção dos serviços urbanos do Porto, nos dias 12 e 13 de junho".

A CP reforça que "as causas invocadas no pré-aviso de greve para esta ação de protesto, cujas consequências terão sérios impactos na mobilidade dos cidadãos utilizadores dos serviços da CP, são totalmente alheias à empresa ou à sua capacidade de intervenção".

Em causa está a possibilidade de circulação de comboios com um único agente, o que os sindicatos consideram que "põe em causa a segurança ferroviária, trabalhadores, utentes e mercadorias", e defendem, por isso, que "é preciso que não subsistam dúvidas no Regulamento Geral de Segurança (RGS)".

Os ferroviários rejeitam alterações ao RGS com o objetivo de reduzir custos operacionais.

Na semana passada, o presidente da CP - Comboios de Portugal, Carlos Gomes Nogueira, esclareceu que "há 20 anos que a regulamentação permite a circulação de comboios em regime de agente único, sendo que, no caso da CP, nunca se prescindiu de dois agentes na tripulação".

"A tripulação composta por dois agentes é regra na CP (...), é o nosso compromisso, que foi, formalmente, apresentado junto da tutela e do Instituto da Mobilidade e dos Transportes [IMT]", disse Carlos Gomes Nogueira.

+ notícias: País

Borba: Governo pede inspeção ao licenciamento e exploração de pedreiras

O Governo pediu hoje uma inspeção ao licenciamento, exploração, fiscalização e suspensão de operação das pedreiras situadas na zona de Borba, onde na segunda-feira uma estrada colapsou.

Técnicos de diagnóstico voltam à greve durante o mês de dezembro

Os técnicos de diagnóstico e terapêutica ameaçam fazer novas greves em Dezembro. Em causa está a marcação de uma audiência com o Ministério da Saúde apenas para dia 10 de Dezembro. Os sindicatos acusam Marta Temido de "tentar iludir" os trabalhadores com um agendamento tão tardio.

Segurança Social revela que em 2017 o número de crianças em risco diminuiu 8%

O número de crianças e jovens em perigo acolhidos em famílias ou instituições diminuiu no último ano. Negligência, maus tratos e abusos, continuam a liderar os registos. A falta de legislação não ajuda e as instituições já começam a sentir os cortes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.