Jornal Diário Jornal das 13

10 Junho: PR "deixa o coração falar" e diz-se grato por parlamento de Boston celebrar Portugal

| Política
Porto Canal com Lusa

Boston, Estados Unidos, 11 jun (Lusa) - O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, mostrou-se hoje "grato" por o parlamento estadual de Boston (Estados Unidos) homenagear Portugal e os portugueses, declarando preferir "deixar o coração falar" a ler um discurso escrito perante os congressistas.

"Formalmente devia ler um discurso, mas tenho a tentação de improvisar. Por que não deixar o meu coração falar e dizer-vos o que sinto no fundo do coração?", questionou o chefe de Estado, perante aplausos de dezenas de congressistas e outras dezenas de cidadãos - nomeadamente lusodescendentes - presentes nas bancadas do parlamento estadual.

Depois, Marcelo Rebelo de Sousa manifestou "gratidão" em nome de Portugal pela "amizade e parceria de muito tempo" entre o país e os Estados Unidos da América, lembrando o "atravessar do oceano" nos séculos anteriores, nomeadamente de açorianos.

"Nós, os portugueses, adoramos unir, não dividir", disse ainda o chefe de Estado.

O senador de Massachusetts Mark Pacheco, lusodescendente, apresentou Marcelo Rebelo de Sousa como "o verdadeiro Presidente do povo".

"Há dois dias nadava no mar dos Açores com os cidadãos e ontem [domingo] ignorou os serviços secretos e foi para o meio da população", atravessando durante longos minutos o centro de Boston e tirando fotografias, prosseguiu Mark Pacheco, numa passagem aplaudida pelo senadores e cidadãos presentes na sessão.

O programa das Comemorações do 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas de 2018 arrancou no sábado em Ponta Delgada, na Região Autónoma dos Açores, seguiu depois para Boston e Providence, onde hoje termina.

PPF // ZO

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Ministro diz que Traje à Vianesa tem condições para ser candidato a património mundial

O ministro da Cultura afirmou este sábado, em Viana do Castelo, onde marcou presença no cortejo da Romaria d' Agonia, que o Traje à Vianesa "tem todas as condições" para integrar a lista indicativa de Portugal a Património Mundial.

Governo decreta dispensa de trabalhadores que sejam bombeiros nos distritos em alerta

O Governo determinou esta sexta-feira a dispensa de funcionários públicos e do setor privado que sejam ao mesmo tempo bombeiros nos distritos em alerta vermelho "face ao significativo agravamento do risco de incêndio florestal".

BE quer aproximar salários dos trabalhadores aos dos gestores

O Bloco de Esquerda (BE) quer diminuir a desigualdade salarial entre os gestores e os trabalhadores da mesma empresa em Portugal, avançando com um projeto de lei que abre a porta à fixação de rácios.

Atualizado 18-08-2018 11:50

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.