Info

Elina Fraga abrangida em inquérito do DIAP à Ordem dos Advogados

Elina Fraga abrangida em inquérito do DIAP à Ordem dos Advogados
| País
Porto Canal com Lusa

O Ministério Público abriu um inquérito na sequência de uma auditoria às contas da Ordem dos Advogados, que abrange o mandato da ex-bastonária Elina Fraga, divulgou esta segunda-feira a Procuradoria-Geral da República (PGR).

A PGR adianta que esta investigação "não tem arguidos constituídos".

Elina Fraga foi eleita este fim de semana uma das vice-presidentes do PSD e essa decisão foi contestada no próprio Congresso Nacional do partido com assobios e apupos e gerou a indignação da ex-ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz e de outros sociais-democratas.

A antiga titular da pasta da Justiça acusou, em declarações ao jornal Observador, Rui Rio de traição por essa decisão.

Em causa está uma queixa apresentada por Elina Fraga, em 2014, contra todos os ministros do Governo PSD/CDS de Pedro Passos Coelho que aprovaram o mapa judiciário.

Elina Fraga foi bastonária da Ordem dos Advogados entre 2014 e 2016.

Hoje, a PGR precisa que em novembro passado recebeu "o relatório de auditoria realizado às contas e procedimentos da Ordem dos Advogados (nos triénios 2011/2013 e 2014/2016)", tendo essa documentação sido remetida ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, "onde deu origem a um inquérito que se encontra em investigação".

+ notícias: País

Professores fazem greve às avaliações se "decreto do roubo" não for alterado

Os professores vão fazer greve às avaliações e uma manifestação nacional na véspera das eleições legislativas caso a recuperação de anos de serviço prevista no que consideram o "decreto do roubo" não seja alterada no parlamento.

Fogo em Proença-a-Nova em fase de rescaldo

O incêndio que lavrava em Proença-a-Nova desde a manhã deste domingo entrou em fase de rescaldo e vigilância cerca das 17h00, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

GNR deteve 58 pessoas em flagrante delito nas últimas 12 horas

A GNR deteve 58 pessoas em flagrante delito, entre as 20h00 de sábado e as 08h00 deste domingo, em ações de prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Visita guiada ao Teatro Nacional...