Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Centro de Saúde de Mangualde volta a estar infetado com legionella

| País
Porto Canal com Lusa

Foi detetada legionella no Centro de Saúde de Mangualde, Viseu, situação que já tinha ocorrido em 2016, sendo que não representa qualquer "risco iminente para a saúde pública", avança esta segunda-feira a TSF.

Atualizado 13-11-2017 14:10

A informação foi confirmada à TSF pela Administração Regional de Saúde do Centro que adianta ainda que "foi novamente detetada legionela ambiental na colheita efetuada a 19 de outubro".

O Porto Canal está no local a confirmar mais dados estando a aguardar a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde aos meios de comunicação.

"O ACeS [Agrupamento de Centros de Saúde] Dão Lafões e os Serviços de Saúde Pública asseguram as medidas adequadas para a continuação do controlo da situação, não havendo evidência de risco acrescido para a saúde pública, mantendo o Centro de Saúde de Mangualde a sua atividade normal", informou a ARSC em nota enviada à agência Lusa.

"Foram, de novo, tomadas as medidas adequadas, nomeadamente a suspensão do funcionamento da rede de água quente, a interdição de utilização dos chuveiros e a desativação da rede em dois módulos terminais nos quais funcionavam alguns serviços que, dada a dimensão do Centro de Saúde, puderam ser transferidos para outras áreas", informou.

Na nota enviada, a ARSC esclarece que uma vez que a rede instalada não tem retorno, pretende-se, com esta medida, "eliminar a estagnação de água nas partes terminais da rede, fator favorecedor da multiplicação da bactéria".

+ notícias: País

Testemunha diz que irmã identificou Pedro Dias como sequestrador

A testemunha Dulce da Conceição disse hoje, em tribunal, que a sua irmã, Lídia da Conceição, identificou Pedro Dias como o homem que a sequestrou numa casa em Moldes, no concelho de Arouca, em 16 de outubro de 2016.

Quase metade das mulheres vítimas de violência nunca contou a ninguém

Quase metade das mulheres que foram vítimas de violência nunca contou a ninguém pelo que os casos relatados são "apenas uma fração da realidade", denunciou hoje o Instituto Europeu para a Igualdade de Género (EIGE).

Portugueses estão a pagar taxa indevida de gás natural

Os contribuintes estão a pagar uma taxa a mais na fatura do gás natural desde o início do ano. O Governo prometeu passar a taxa de ocupação do subsolo para as empresas fornecedoras de energia, mas até agora ainda não legislou sobre a matéria.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS