Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Ativado Plano de Emergência Municipal em Mangualde

| País
Porto Canal

O Plano de Emergência Municipal foi ativado hoje às 20:15 no concelho de Mangualde, onde lavram dois incêndios com grande intensidade, disse à Lusa o presidente da Câmara, João Azevedo.

De acordo com o autarca, a ativação do Plano de Emergência Municipal já foi comunicada ao secretário de Estado da Administração Interna e à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), servindo para "colocar todos os meios disponíveis no teatro de operações".

"Há quatro povoações em risco no alto do concelho, mas a situação está tão instável que daqui a 15 minutos o que estou a comunicar agora pode ser diferente. São 50 quilómetros de fogo", referiu, cerca das 20:30.

De acordo com fonte da Câmara de Mangualde, a circulação automóvel foi cortada nos dois sentidos da A25, entre Mangualde e Fornos de Algodres.

"Para já, a alternativa é a Estrada Nacional 16", informou.

Dois incêndios lavram com intensidade no concelho de Mangualde, após terem deflagrado em Abrunhosa-a-Velha e Póvoa de Cervães.

O fogo em Abrunhosa-a-Velha reacendeu-se ao final da tarde, estando às 20:30 a ser combatido por 165 operacionais, apoiados por 50 meios terrestres e um meio aéreo, conforme informa a página da Proteção Civil.

No incêndio em Póvoa de Cervães encontram-se no teatro de operações 241 operacionais, apoiados por 72 meios terrestres e seis meios aéreos.

Estes incêndios deflagraram no domingo cerca das 16:00.

+ notícias: País

Governo quer reduzir número de farmácias de serviço permanente por concelho

O Governo quer cortar nas farmácias de serviço. O Ministério da Saúde está a preparar uma proposta que reduz a taxa de cobertura por concelho das farmácias abertas à noite e ao fim-de-semana.

Arderam 75.264 hectares este ano, a maior área da última década

Os incêndios florestais já consumiram este ano 75.264 hectares de florestas, a maior área ardida da última década, anunciou esta terça-feira a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), informando que já foram detidas 64 pessoas desde janeiro.

Seguradoras pagaram 2,7 ME em indemnizações de um total de 21,7 ME

As seguradoras pagaram 2,7 milhões de euros de indemnizações, na sequência dos incêndios de junho na região centro, num total de aproximadamente 21,7 milhões de euros, foi anunciado esta terça-feira.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS