Info

Centros de Saúde da região Centro reforçados com 13 psicólogos

| País
Porto Canal com Lusa

Coimbra, 28 mar (Lusa) - A Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro anunciou hoje a contratação de 13 psicólogos para reforçar as equipas de assistência nos seis agrupamentos de centros de saúde (ACeS) da região.

"A maioria dos profissionais vai iniciar funções já no dia 01 do próximo mês [abril]", esclarece a ARS, acrescentando que a contratação visa "aumentar a resposta assistencial na especialidade de psicologia" nos ACeS do Baixo Mondego, Baixo Vouga, Cova da Beira, Dão Lafões, Pinhal Interior Norte e Pinhal Litoral.

Com o início de funções dos novos psicólogos clínicos, aumenta de 21 para 34 o número destes profissionais nos Cuidados de Saúde Primários na região Centro.

A contratação de psicólogos para reforçar a cobertura nacional nos cuidados de saúde primários foi anunciada no final do ano passado pelo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, na cerimónia de inauguração da nova sede da Ordem dos Psicólogos Portugueses, em Lisboa.

Na altura, Fernando Araújo afirmou que seriam contratados 55 psicólogos para dar uma cobertura nacional nos cuidados de saúde primários, esclarecendo que a contratação seria feita na sequência da abertura de estágios profissionais.

Na área da ARS Centro, entrarão em funções dois novos psicólogos no Baixo Mondego, três no Baixo Vouga, um na Cova da Beira, três em Dão Lafões, dois no Pinhal Interior Norte e dois no Pinhal Litoral.

RBF // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal

A associação ambientalista Quercus denuncia a existência de uma corrida ao lítio em Portugal. Nos últimos três anos, 79 municípios receberam pedidos de prospecção.

Notas do 9.º ano descem a Português e Matemática volta à positiva

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Cada português consumiu no ano passado 3,3Kg de açúcar em 60 litros de refrigerante

Cada português consumiu no ano passado 60 litros de refrigerantes, o que equivale a 3,3 quilogramas de açúcar, um valor menor do que no ano anterior, quando começou a ser aplicado o imposto sobre estas bebidas.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.