Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

China e Chile suspendem compra de carne exportada por empresas do Brasil

| Mundo
Porto Canal com Lusa

São Paulo, Brasil, 20 mar (Lusa) - A China e do Chile suspenderam hoje as importações de carne produzida no Brasil, na sequência de uma operação policial que descobriu que algumas empresas brasileiras vendiam produtos contaminados para o exterior.

Segundo relato do ministro da Agricultura do Brasil, Blairo Maggi, o Governo chinês pediu esclarecimentos sobre as supostas irregularidades cometidas por fabricantes de carne brasileiros e decidiu reter nos seus portos as cargas já embarcadas até que essas informações cheguem e sejam avaliadas.

No caso do Chile, a notícia foi confirmada pelo ministro da Agricultura daquele país, Carlos Furche, que usou a rede social Twitter para informar sobre a suspensão temporária das importações de carne do Brasil.

"O Ministério da Agricultura anuncia o fecho do mercado para a carne brasileira até ter detalhes de qualquer impacto sobre as importações provenientes dessa fonte. O fecho do mercado é temporário", escreveu o ministro chileno.

Carlos Furche destacou também que a proibição permanecerá até que o Brasil confirme que as empresas exportadoras de carne que mandam os seus produtos para o Chile foram corretamente examinadas.

Um grande escândalo envolvendo empresas brasileiras veio a público na última sexta-feira após a polícia local ter realizado uma grande operação contra companhias que supostamente subornavam funcionários públicos para vender carne ilegal e até mesmo produtos estragados.

Pelo menos 30 pessoas foram detidas na última sexta-feira, quando a polícia brasileira acabou por invadir mais de uma dúzia de unidades de processamento de carne.

Uma fábrica de processamento de aves do grupo multinacional BRF e duas fábricas de processamento de carne operadas pela empresa local Peccin foram fechadas.

As denúncias já causaram reações em outros locais, como na Coreia do Sul e também no bloco da União Europeia, e ameaçam severamente a reputação do Brasil como a maior nação exportadora de carne e aves do mundo.

A carne brasileira é exportada para mais de 150 países, com mercados principais como Arábia Saudita, China, Singapura, Japão, Rússia, Holanda e Itália.

As vendas de carne de aves em 2016 atingiram 5,9 mil milhões de dólares (5,4 mil milhões de euros na cotação de hoje) e de carne bovina 4,3 mil milhões de dólares (4 mil milhões de euros), segundo dados do Governo brasileiro.

CYR // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Abdel Fattah al-Sisi vai recandidatar-se à presidência do Egipto

Cairo, Egito, 19 jan (Lusa) -- O Presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sisi, anunciou hoje que se vai candidatar a um segundo mandato nas eleições presidenciais que vão decorrer em março deste ano.

Ao lado de Merkel, Macron diz que França "precisa" da Alemanha para reformar Europa

Paris, 19 jan (Lusa) -- O Presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou hoje que França "precisa" da Alemanha para reformar a Europa, a dois dias de uma votação crucial para a formação de um governo de coligação entre os conservadores e os social-democratas alemães.

Estado federal norte-americano arrisca paralisia devido a impasse orçamental

Washington, 19 jan (Lusa) - O Estado federal norte-americano poderá ficar parcialmente paralisado, deixando centenas de milhares de funcionários federais com os salários congelados, caso o Senado não consiga aprovar até à meia-noite de hoje um acordo de orçamento provisório.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.