Gaia chama a "conhecer o lagarto de água" defendido por ambientalistas

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Nova de Gaia, Porto, 20 mai (Lusa) -- A Câmara de Gaia promove no fim de semana sessões de apresentação do lagarto de água, espécie que esteve na origem da discórdia entre autarquia e ambientalistas quanto ao local de realização do festival Marés Vivas.

"Venha conhecer o lagarto de água" é o título da iniciativa que a autarquia promove no Parque Biológico de Gaia no sábado e no domingo, em três sessões gratuitas de apresentação da espécie e visita guiada ao habitat para observação.

Desde o início do ano que os ambientalistas protestaram contra a possível realização do festival Marés Vivas no Vale S. Paio, em Canidelo, por ali existirem espécies protegidas como, alegam, o lagarto de água.

"Embora o Festival só dure os referidos três dias, o impacto ambiental já começou com a destruição de uma valiosa zona de matos no referido Vale de Sampaio, importantíssimo para a nidificação de várias espécies de aves, incluindo o único ponto de água doce do local (mina e presa) e onde, entre outras espécies de répteis e anfíbios, ocorria uma colónia de Lagarto-de-água (Lacerta schreiberi), agora destruída, espécie que conta com abundante proteção legal", escreviam, em abril, os ambientalistas do movimento SOS Estuário do Douro.

Já na passada quarta-feira, o presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, reiterou que "as espécies existem de facto na reserva e o que tentaram passar foi que o festival se realizava na reserva".

Também o PAN se juntou ao coro de protestos em defesa daquela espécie, referindo ainda esta semana que o Vale de S. Paio "é a cinco metros da reserva" do Estuário do Douro onde "há registos de espécies protegidas como o lagarto de água".

Na passada semana, e em comunicado, a Quercus apresentou uma providência cautelar para suspender a realização do festival Marés Vivas no Vale de S. Paio alegando "riscos de danos graves e dificilmente reparáveis a algumas das 225 espécies de aves e inúmeras outras de fauna e flora registadas na Reserva Natural local do Estuário do Douro", como o lagarto de água.

Sobre aquela espécie diziam que "a população do Vale São Paio só conta ainda com alguns indivíduos porque o embargo intentado pela Quercus parou a obra e a destruição em curso".

Uma das ações judiciais da Quercus levou à suspensão as obras de preparação do terreno para o festival, atrasando a primeira etapa de preparação do novo Parque Urbano Municipal e obrigando a autarquia a fazer regressar o Marés Vivas ao espaço original.

O lagarto de água é uma espécie endémica da Península Ibérica e, segundo o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB), "apresenta uma distribuição praticamente contínua a norte do rio Tejo".

Esta espécie é encontrada junto de linhas de água, alimenta-se de insetos e pequenos invertebrados, atinge a maturidade sexual pelos três/quatro anos, entrando em repouso invernal entre outubro e março.

Segundo Henrique Alves, biólogo no Parque Biológico de Gaia, a população de lagarto de água no Norte "não está em risco".

Para domingo, Dia Internacional da Biodiversidade, os ambientalistas do movimento SOS estão a preparar uma "Procura do Lagarto de Água" no Vale de São Paio, iniciativa inserida no programa Pé n'A Terra 2016.

LIL // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Município de Braga assina auto de descentralização de competências na área da Saúde

O Município de Braga assinou, esta segunda-feira, o auto de descentralização de competências para o sector da Saúde. A cerimónia, que decorreu na sede da ARS Norte, no Porto, contou com a presença da vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, Sameiro Araújo, do ministro da Saúde, Manuel Pizarro, e do presidente da ARS Norte, Carlos Nunes.

Jovem morre em Guimarães após despiste de mota

Uma mulher com 25 anos morreu, na manhã deste sábado, em Guimarães, na sequência de um acidente de mota. O gelo na estrada poderá ter estado na origem do despiste.

'Metrobus' do Porto apresentado esta segunda-feira. Obras arrancam durante a semana

O projeto do 'metrobus' do Porto, entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, vai ser apresentado na segunda-feira, devendo as obras começar ainda durante a próxima semana, disse este domingo fonte da Metro do Porto à Lusa.