Portugal apresenta candidatura ao Mundial de futebol de praia de 2015

| Norte
Porto Canal / Agências

Porto, 21 mai (Lusa) - A Federação Portuguesa de Futebol anunciou hoje a candidatura à organização do Campeonato do Mundo de futebol de praia que se realiza em 2015, com a decisão a ser conhecida no final de maio.

Portugal entregou a candidatura na sede da FIFA sob o lema "Praias de Portugal, Alma do Futebol", com a praia de Canide, em Gaia, como local escolhido para a realização do torneio.

Brasil e Rússia apresentam-se como fortes concorrentes à candidatura portuguesa devido à forte tradição da modalidade nesses países.

A candidatura portuguesa recebeu a subscrição pessoal de Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa de futebol, e Madjer, um dos melhores jogadores do mundo no futebol de praia, que relembraram o historial luso nas mensagens dirigidas à FIFA.

Antes do Mundial ser organizado pela FIFA, Portugal ganhou a prova em 2001 e foi finalista por duas vezes em seis fases finais.

Já sob a organização do organismo máximo do futebol, a equipa lusa foi finalista em 2005 e ficou em terceiro nos anos de 2008, 2009 e 2011.

A organização, caso a candidatura seja a escolhida, será dividida entre Porto, Matosinhos e Gaia, com um plano de desenvolvimento social, urbanístico e ambiental para a praia de Canide.

DZG/PA // PA

Lusa/Fim.

+ notícias: Norte

CCDR-N confiante na conclusão do projeto de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo

O presidente da Comissão de Coordenação Regional e Desenvolvimento (CCDR) do Norte, António Cunha, revelou esta quinta-feira à Lusa estar confiante e moderadamente otimista sobre a conclusão do projeto de ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo em 2032.

Colisão entre ligeiro de mercadorias e motociclo condiciona trânsito na A44 em Gaia

Uma colisão entre um veículo ligeiro de mercadorias e um motociclo está a obstruir parcialmente o trânsito no sentido Sul-Norte da A44, em Gaia, avança ao Porto Canal fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto.

Inspeção-Geral de Saúde abre inquérito à morte de doente com pulseira verde nas urgências de Viana

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) anunciou esta sexta-feira ter instaurado um processo de inspeção às circunstâncias em que ocorreu a morte de um utente triado com pulseira verde no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.