Porto. PJ detém homem suspeito de abuso sexual de crianças

Porto. PJ detém homem suspeito de abuso sexual de crianças
| Porto
Porto Canal / Agências

Um homem suspeito de pornografia de menores e abuso sexual de crianças, com idades entre os 8 e os 11 anos, que aliciava através de redes sociais foi detido pela Polícia Judiciária, foi anunciado esta quarta-feira. 

Em comunicado, a PJ refere que o homem, de 29 anos, é suspeito da autoria de crimes de pornografia de menores, abuso sexual de crianças e aliciamento de menores para fins sexuais.

Segundo a polícia, o suspeito abordava meninas nas redes sociais, por regra durante a noite, para as convencer a enviar-lhe fotos e vídeos de nudez explícita.

Depois de ganhar a confiança das crianças, com quem interagia sexualmente, aliciava-as a marcar encontros com a finalidade de praticarem atos sexuais de relevo, presencialmente, acrescenta.

A PJ adianta que o detido foi denunciado por uma representante legal de uma das crianças.

“O suspeito terá praticado os referidos crimes adotando como critério de escolha e seleção das vítimas as respetivas idades, entre 8 e os 11 anos”, indica a PJ, acrescentando que os mesmos terão ocorrido entre o início do ano e finais de abril.

O detido, já com antecedentes criminais pelas mesmas práticas ilícitas, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

+ notícias: Porto

Viaduto na Boavista vira “lixeira” após ter sido ocupado

Desde dezembro de 2017 que a passagem inferior do viaduto da Rua de Domingos Sequeira, junto à Rotunda da Boavista, tem sido ocupada intermitentemente por um grupo nómada. As pessoas que lá pernoitam deixam um rasto de lixo e excrementos humanos, com os moradores a mostrarem preocupações pela saúde pública, com relatos de pragas de roedores a chegarem ao Porto Canal.

IHRU não foi avisado que Câmara do Porto ia vedar prédio devoluto na Boavista

O Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) disse esta quarta-feira não ter tido conhecimento prévio de que a Câmara do Porto ia vedar o prédio na Avenida de França e que tinha iniciado procedimentos para tentar resolver a situação.

Federação Académica do Porto critica “atraso crónico” na execução do plano do alojamento para estudantes

O presidente da Federação Académica do Porto (FAP) avaliou esta quarta-feira com nota “negativa” o estado da nação ao considerar que o ensino superior não está valorizado e criticando o “atraso crónico” na execução do plano do alojamento para estudantes.