FC Porto atrai multidão no arranque do Rock in Rio

FC Porto atrai multidão no arranque do Rock in Rio
| País
Porto Canal

O FC Porto marca presença na edição de 2024 do Rock in Rio, criando filas para chegar ao espaço dos ‘Dragões’. A edição deste ano arranca este sábado e acontece nos próximos dias 16, 22 e 23 de junho, em Lisboa, no ano em que se assinala os 20 anos do evento em Portugal.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

Esta estreia no emblemático festival de música, que este ano se realiza, pela primeira vez, no Parque Tejo, é uma demonstração clara da intenção do FC Porto de estreitar laços com a comunidade azul e branca em todas as regiões do país.

O novo conceito da época, “Invictos de Coração”, dará o mote para a área do FC Porto, onde existirão, ao longo de todos os dias do Festival, ativações de marca, bem como venda de produtos da FC Porto Store, com destaque para os novos equipamentos para a temporada 2024/25.

O espaço FC Porto localiza-se junto à Roda Gigante, numa zona central entre o Palco Mundo, Palco Tejo e o Digital Stage.

 

Esta não é, de resto, a primeira presença do FC Porto em festivais de música, mas é a estreia no Rock in Rio Lisboa. Habituado a participar em festivais organizados a norte, como o MEO Marés Vivas, o FC Porto aproveita agora uma oportunidade de expansão mais a sul, promovendo um contacto mais próximo com os sócios e adeptos daquela região, ao mesmo tempo que aspira chegar a novos públicos, tornando o clube numa marca cada vez mais global.

+ notícias: País

Rui Moreira: "Não tenho nenhum otimismo relativamente ao aeroporto de Lisboa"

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, manifestou-se esta quarta-feira "nada otimista" acerca da construção do novo aeroporto de Lisboa, considerando que o Campo de Tiro de Alcochete não é a melhor localização para a infraestrutura.

Portugal compra dois aviões para evitar fogos como os de 2017 com apoio de Bruxelas

A Comissão Europeia espera que os dois aviões de combate a incêndios que Portugal vai hoje formalmente adquirir, por 100 milhões de euros em verbas comunitárias, permita reforçar a frota e evitar fogos florestais como os de 2017.

Desagregação de freguesias. Deputados dizem até setembro se novo mapa autárquico vai estar pronto para eleições de 2025

O grupo de trabalho (GT) parlamentar para as freguesias estabeleceu o compromisso de divulgar até ao fim de setembro se existem condições para que os processos de desagregação destas autarquias sejam concluídos a tempo das eleições autárquicas de 2025.