Cláudio Ramos: “O empenho, a dedicação e o profissionalismo vão estar sempre presentes”

Cláudio Ramos: “O empenho, a dedicação e o profissionalismo vão estar sempre presentes”
| Desporto
Porto Canal

Cláudio Ramos renovou contrato com o FC Porto até 2027.

Cláudio Ramos prolongou o vínculo que o liga ao FC Porto por mais três anos e vai continuar a vestir de azul e branco até 2027. Acabado de estender a ligação ao emblema portista, o guardião de 32 anos deu voz ao “sentimento de orgulho e de trabalho bem feito” por “renovar com uma nova Direção e uma nova equipa técnica”, sinal de “reconhecimento” e de "confiança" para o futuro. “Às vezes as pessoas podem pensar que estou acomodado em ser o segundo guarda-redes ou em desempenhar um papel secundário no FC Porto, mas é mentira, trabalho diariamente para ser titular e trabalho diariamente para ser o melhor guarda-redes possível”, explicou.

Lado a lado com o internacional português, Andoni Zubizarreta descreveu-o como um atleta que “dá muita tranquilidade”, “estabilidade” e “importante para orientar os mais jovens, mas também para competir pela posição, pois todos os jogadores treinam durante a semana para jogar ao domingo”. O novo diretor desportivo do FC Porto e antigo guarda-redes do Barcelona aproveitou a ocasião para elogiar o “exemplo” de “um jogador querido pelos adeptos” que “quer sempre mais”: “Os adeptos do FC Porto sentem quem se vincula a esta camisola”.

Andoni Zubizarreta
“Acima de tudo, falamos de estabilidade. A posição de guarda-redes é sempre especial e o Cláudio Ramos dá-nos muita tranquilidade nessa posição. Este projeto é especial, sobretudo para alguém que foi guarda-redes, como eu, por isso confere-lhe tranquilidade e estabilidade. O mundo dos guarda-redes é um mundo especial, onde os mais experientes acrescentam tranquilidade, saber estar e domínio sobre as situações do jogo. Os mais experientes são importantes para orientar os mais jovens, mas também para competir pela posição, pois todos os jogadores treinam durante a semana para jogar ao domingo. O Cláudio Ramos é um exemplo para os mais jovens no dia a dia, nos treinos, mesmo quando não joga ao domingo. O facto de ele ser um jogador querido pelos adeptos demonstra que se adaptou bem ao clube, mas ele quer sempre mais e os adeptos percebem isso, pois a posição de guarda-redes não engana muito. Os adeptos do FC Porto sentem quem se vincula a esta camisola.”

Cláudio Ramos
“É um sentimento de orgulho e de trabalho bem feito, pois estes três anos significam que os últimos quatro foram de um bom trabalho. Apesar de não ter jogado tanto como gostaria, sei que desempenhei um papel bastante importante na equipa e que fui importante nos títulos que conquistámos. Deixa-me muito feliz renovar por mais três anos com o FC Porto. Renovar com uma nova Direção e com uma nova equipa técnica, é sinal de que confiam no meu trabalho e de que confiam em mim para o futuro do FC Porto. É muito importante para mim ter esse reconhecimento da parte deles. Às vezes as pessoas podem pensar que estou acomodado em ser o segundo guarda-redes ou em desempenhar um papel secundário no FC Porto, mas é mentira, trabalho diariamente para ser titular e trabalho diariamente para ser o melhor guarda-redes possível. O meu empenho, a minha dedicação e o meu profissionalismo vão estar sempre presentes e aquilo que quero para a minha carreira é sempre o máximo possível: ser titular e lutar por títulos”.

+ notícias: Desporto

FC Porto (Hóquei em Patins): A final passa pelo Dragão Arena. Crónica de jogo

O FC Porto bateu nesta quarta-feira o Sporting após o desempate por penáltis (7-5), no Dragão Arena, e está na final Play-off do Campeonato Nacional de hóquei em patins depois de vencer esta eliminatória das meias-finais (3-2).

Ricardo Ares: "Todos juntos, vamos lutar para sermos campeões"

Foi clássico intenso, emocionante e que só ficou decidido no desempate por penáltis, mas valeu o triunfo do FC Porto frente ao Sporting (7-5) e a respetiva passagem à final do Play-off do Campeonato Nacional de hóquei em patins, no qual os azuis e brancos voltarão a ter o fator casa a favor, independentemente do adversário (Benfica ou Oliveirense).

FC Porto (Hóquei em Patins): ‘Dragões’ garantem presença na final

O FC Porto carimbou o passaporte para a final, depois de vencer o Sporting nas grandes penalidades, no derradeiro duelo dos play-offs das meias-finais do campeonato nacional.