Identificado homem com pirotecnia após incidente em festa em São João da Madeira

Identificado homem com pirotecnia após incidente em festa em São João da Madeira
PSP
| Norte
Porto Canal/Agências

Um homem foi identificado em S. João da Madeira sábado à noite por posse de pirotecnia depois de uma bateria de fogo-de-artifício ter rebentado no recinto da Cidade em Festa, causando 16 feridos, anunciou este domingo a PSP.

Em comunicado, aquela força policial refere que o homem, de 29 anos, foi identificado pelas 23:30 na posse de três artefactos pirotécnicos.

Segundo a PSP, “momentos antes” de aquele homem ter sido identificado, “no espaço do evento, um indivíduo terá deflagrado uma bateria de fogo-de-artifício" que terá caído e provocado "pânico generalizado”.

No sábado à noite, a explosão de um engenho pirotécnico causou 16 feridos, três dos quais ligeiros, durante a festa “Cidade no Jardim”, organizada pela Câmara Municipal de S. João da Madeira e que está a decorrer desde quinta-feira e até segunda-feira.

A PSP salienta que “de imediato” foi criado “um perímetro de segurança no local e proximidades do incidente e um corredor de circulação de emergência, para a prestação do adequado socorro às vítimas, o qual foi efetivado, em coordenação com as Autoridades de Proteção Civil e de Saúde”.

Este domingo, em comunicado, aquela autarquia do distrito de Aveiro condenou aquilo que considerou ser um “ato ilícito e irresponsável” de uso não autorizado de pirotecnia.

“A todos, a autarquia deseja rápida recuperação, condenando veementemente o ato ilícito e irresponsável de que foram vítimas, informando que foram de imediato desenvolvidas diligências pelas autoridades para apuramento das responsabilidades”, lê-se.

A Câmara de S. João da Madeira adiantou ainda que a festa foi retomada, depois de ter sido suspensa no sábado à noite depois do incidente, pelo que este domingo funcionará no horário normal.

+ notícias: Norte

Avança demolição de habitações em risco na costa de Esposende com final à vista para dezembro

O projeto de execução para demolição das construções em risco em Cedovém, em Esposende, cuja conclusão esteve prevista para final de 2023, vai avançar, após aval do novo Governo, prevendo-se a sua conclusão até dezembro, foi esta quarta-feira revelado.

Sucateiro que foi sequestrado e roubado em Aveiro iliba arguidos durante o julgamento

Um sucateiro que foi sequestrado e roubado ilibou esta quarta-feira dois arguidos que estão acusados de estarem envolvidos nos factos ocorridos há cerca de um ano em Aveiro, e que se remeteram ao silêncio no início do julgamento.

Helicóptero combate incêndio junto a zona industrial em São Pedro da Cova

Um incêndio deflagrou ao final da tarde desta quarta-feira numa zona de mato junto a armazéns da zona industrial de Tardariz, em São Pedro da Cova, confirmou ao Porto Canal fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto.