Incêndio que obrigou a evacuar passadiços do Paiva dado como controlado quatro horas depois

Incêndio que obrigou a evacuar passadiços do Paiva dado como controlado quatro horas depois
| Norte
Porto Canal/Agências

O incêndio que deflagrou esta terça-feira às 16h30 no concelho de Arouca, distrito de Aveiro, e que obrigou à evacuação dos passadiços do Paiva, foi dado como controlado cerca das 20h00, informou fonte da Proteção Civil.

Em declarações à Lusa, fonte do Comando Sub-regional de Emergência e Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto disse que o incêndio, que chegou a ser combatido por dezenas de operacionais com o apoio de oito meios aéreos, entrou às 20h05 na fase de resolução, o que significa que é “uma ocorrência sem perigo de propagação”.

Pelas 20h45, segundo a mesma fonte, permaneciam no local, 97 operacionais de várias corporações de bombeiros dos distritos de Aveiro, Porto e Viseu, auxiliados por 31 viaturas e dois meios aéreos.

O alerta para o incêndio em povoamento florestal na zona de Espiunca, em Arouca, foi dado, cerca das 16h30.

O fogo, que chegou a ter duas frentes ativas, evoluiu com “grande intensidade” e chegou perto da praia fluvial do Vau, situação que “obrigou à evacuação dos passadiços”.

+ notícias: Norte

Idoso transportado para o São João depois de paragem cardiorrespiratória no Mar Shopping

Um idoso foi transportado para o Hospital São João, no Porto, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória, na manhã desta segunda-feira, no hipermercado Mar Shopping, em Matosinhos.

Autocarros da Avic voltam a circular em Viana do Castelo esta terça-feira

A Avic vai repor a partir de terça-feira o transporte público urbano e interurbano em Viana do Castelo, invocando um parecer da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) para que operadores do grupo sejam “adequadamente compensados” pelo serviço.

IP anuncia avanços nos investimentos para a modernização da Linha do Douro

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou esta segunda-feira avanços nos projetos de modernização da Linha Ferroviária do Douro relativamente à eletrificação do troço Régua – Pocinho e ao estudo para a reabertura da via até Barca d’Alva.