Wendell: “É o jogo mais importante do ano”

Wendell: “É o jogo mais importante do ano”
| Desporto
Porto Canal

Wendell e Evanilson apontaram à conquista da Taça de Portugal na antevisão à final (domingo, 17h15).

A final da Taça de Portugal aproxima-se a passos largos e, no Olival, a ambição e o foco são máximos no clássico com o Sporting (domingo, 17h15, RTP 1). “O grupo está bastante confiante” e quer colher os frutos do “trabalho diário” no Jamor, mas para isso é preciso “concentração” no “jogo mais importante do ano”, explicou Wendell.

O plantel ajustou “alguns aspetos do clássico” disputado no Dragão para estar “ainda mais forte” no terceiro duelo diante dos lisboetas, acrescentou Evanilson, que carateriza o estatuto de melhor marcador da prova como “muito bom”, mas garante que “se outro jogador conseguir marcar” na final e a equipa vencer, “será o mais importante”.

Com “motivação extra” pela convocatória para a seleção brasileira, a dupla pediu apoio ao 12.º jogador”, o público, “durante 90 minutos” para que todos possam “festejar no final” o cumprimento do que se “tornou o principal objetivo” da temporada.

Wendell

Preparados para vencer
“O grupo está bastante confiante. Sabemos que vai ser um jogo difícil no domingo, mas esperamos com o nosso trabalho diário e concentração chegar lá, fazer um grande jogo e conseguir o título que está em disputa. É o jogo mais importante do ano, esperamos ganhar e conseguir um troféu importante para nós.”

A receita para o sucesso
“A dificuldade vai ser muito grande. Sabemos das qualidades que eles têm, vimos nos confrontos diretos. Trabalhámos muito bem durante a semana para contrariar os pontos fortes deles. Esperamos replicar a primeira parte que fizemos no Dragão, temos que pegar nisso como base e prolongar durante o jogo todo. Queremos que os nossos alas estejam num bom dia, não só eles, mas todos os jogadores que estão em campo. Que possam resolver o jogo e consigamos sair com o título.”

A motivação adquirida pela chamada à seleção
“Quando és chamado para representar uma das maiores seleções do mundo, dá-te um combustível maior. Sem o trabalho no FC Porto não seria chamado, por isso tenho de agradecer a todos.”

A importância dos adeptos
“Os nossos adeptos fazem toda a diferença, quando estão connosco são o 12.º jogador. Que nos apoiem durante 90 minutos para lhes darmos uma alegria no final. É um título que queremos, tornou-se no nosso principal objetivo e queremos ver o público a festejar.”

Evanilson

Juntos pelo mesmo objetivo
“Sabemos da dificuldade do jogo, preparámo-nos bem e ajustámos alguns aspetos do clássico que disputámos aqui no Dragão. A nossa equipa esteve bem nesse dia e temos de melhorar em vários parâmetros para estarmos ainda mais fortes. Podem esperar uma equipa junta, compacta, com todos a trabalharem no máximo para conquistarmos este título.”

A vontade de juntar o sucesso individual ao coletivo
“Individualmente é muito bom para mim, mas se outro jogador conseguir marcar e vencermos, isso é o mais importante. Desde o começo da época, trabalhamos sempre para conquistar títulos, mas infelizmente não conseguimos o campeonato e a Taça da Liga. Agora, estamos a preparar-nos muito bem para conquistarmos a Taça de Portugal.”

O sonho de representar o Brasil
“Foi um sonho de criança cumprido ser chamado para a seleção brasileira. É uma motivação extra. Quero continuar agora o meu trabalho no FC Porto, focado para ganharmos esta final.”

Um apoio que faz a diferença
“Eles fazem a diferença. Sempre que jogamos fora, estão presentes e ajudam-nos. Será fundamental o apoio deles.”

+ notícias: Desporto

Libertados “No Name Boys” suspeitos de violação

Foram esta segunda-feira libertados quatro membros dos “casual” do Benfica que estavam detidos preventivamente. Estes jovens estão a ser julgados por crimes de violação e agressão, com a leitura da sentença que estava inicialmente marcada para esta segunda-feira a ser adiada por uma semana.

Tenista portuense triste pela derrota, mas orgulhoso pelo trajeto até à final no challenger de Bratislava

O tenista português Henrique Rocha confessou hoje ter ficado “triste” pela derrota na final do challenger de Bratislava, mas assegura estar “feliz” pelo torneio que fez na terra batida eslovaca, antes de iniciar a preparação para Wimbledon.

Euro2024. Prenda austríaca dita triunfo 'suado' da França na estreia 

A França começou esta segunda-feira com um triunfo a sua participação no Campeonato da Europa de futebol de 2024, ao vencer a Áustria por 1-0, graças a um autogolo, em encontro do Grupo D, disputado em Dusseldorf, na Alemanha.