PS quer saber se Governo mantém Porto e Braga nos planos do TGV com a mesma prioridade

PS quer saber se Governo mantém Porto e Braga nos planos do TGV com a mesma prioridade
| Norte
Porto Canal/ Agências

Os deputados do PS eleitos pelos círculos de Braga e do Porto perguntaram esta quarta-feira ao Governo se pretende manter a prioridade na execução da ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Braga-Vigo ou se prevê a sua recalendarização.

Em pergunta dirigida ao ministro das Infraestruturas e Habitação, aqueles deputados sublinham que, há poucos meses, “os autarcas de Lisboa e Madrid afirmaram que a prioridade do investimento na alta velocidade ferroviária deveria ser colocada na ligação entre estas duas cidades”.

Com esta opção, há um sério risco de se gerar um efeito centrípeto de Madrid relativamente a Lisboa”, alertam os socialistas, que lembram que aquela prioridade foi também reafirmada, há três semanas, pela Comissão Europeia.

Salientam que, entretanto, há um concurso público a decorrer para concretizar a ligação de Lisboa-Porto, “sendo expectável o avanço consecutivo entre Porto-Braga-Vigo”.

Assim, em função das prioridades de investimento assumidas na terça-feira pelo Governo, os parlamentares do PS querem saber se o Governo mantém o grau de prioridade na execução da ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Braga-Vigo ou se está prevista a sua recalendarização.

Caso se mantenha o grau de prioridade, os socialistas deputados querem saber “qual a calendarização prevista no plano do Governo”.

Na terça-feira, o Governo aprovou em Conselho de Ministros a antecipação da conclusão da linha ferroviária de alta velocidade Lisboa-Madrid, incluindo a terceira travessia do Tejo (Chelas-Barreiro), estimando que tudo possa estar pronto em 2034.

Também na terça-feira, em Madrid, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Rangel, disse que há consenso entre os governos de Portugal e Espanha em relação às ligações de comboio de alta velocidade e ao "mesmo grau de prioridade" que deve ter a linha entre Madrid e Lisboa e aquela que está prevista para unir Lisboa, Porto e Vigo (norte de Espanha).

"Nós queremos duas ligações a Espanha, pelo menos, e, portanto, para nós ambas têm importância", disse Paulo Rangel, que sublinhou que Portugal tem também "que acautelar" a ligação em alta velocidade das duas maiores cidades do país (Lisboa e Porto).

"Temos de ter os dois planos ao mesmo tempo", afirmou.

Nem Rangel nem o seu homólogo espanhol se comprometeram com um calendário para a concretização das ligações de comboio de alta velocidade entre Portugal e Espanha.

+ notícias: Norte

CCDR-N confiante na conclusão do projeto de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo

O presidente da Comissão de Coordenação Regional e Desenvolvimento (CCDR) do Norte, António Cunha, revelou esta quinta-feira à Lusa estar confiante e moderadamente otimista sobre a conclusão do projeto de ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo em 2032.

Colisão entre ligeiro de mercadorias e motociclo condiciona trânsito na A44 em Gaia

Uma colisão entre um veículo ligeiro de mercadorias e um motociclo está a obstruir parcialmente o trânsito no sentido Sul-Norte da A44, em Gaia, avança ao Porto Canal fonte do Comando Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil da Área Metropolitana do Porto.

Inspeção-Geral de Saúde abre inquérito à morte de doente com pulseira verde nas urgências de Viana

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) anunciou esta sexta-feira ter instaurado um processo de inspeção às circunstâncias em que ocorreu a morte de um utente triado com pulseira verde no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.