Passagem superior da Granja construída há mais de um ano abriu esta terça-feira

Passagem superior da Granja construída há mais de um ano abriu esta terça-feira
| Norte
Porto Canal/Agências

A passagem superior da Granja sobre a Linha do Norte, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, entrou esta terça-feira em funcionamento, adiantou à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

A nova estrutura localizada no apeadeiro da Granja, dotada com elevadores para assegurar as melhores condições de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, garante o atravessamento sobre a Linha do Norte em condições de segurança e comodidade para os utilizadores do transporte ferroviário.

A infraestrutura faz parte das obras em curso na Linha do Norte entre Espinho (distrito de Aveiro) e a estação das Devesas (Gaia, no distrito do Porto), incluindo-se na mesma empreitada a passagem superior da Aguda, que entrou em funcionamento a 21 de fevereiro.

A IP já pôs a concurso, por 50 mil euros, estudos para passagens inferiores na Granja e Aguda, em Gaia, na sequência de um protocolo de 2022 celebrado após protestos das populações contra as passagens superiores instaladas.

"O estudo de viabilidade consistirá numa análise técnica para a identificação das várias soluções e quantificação das intervenções a realizar na envolvente da infraestrutura para desnivelamento, que permita a passagem de peões na estação de Granja e apeadeiro de Aguda", referiu fonte oficial da IP à Lusa, em agosto.

A IP prevê concluir as obras na Linha do Norte entre Espinho e Vila Nova de Gaia no segundo trimestre do ano, disse fonte da empresa à Lusa em 9 de fevereiro.

Já estão concluídas ou em fase de conclusão o alteamento/alargamento de plataformas de passageiros nas estações de Gaia-Devesas e da Granja e dos apeadeiros de Aguda, Miramar e Francelos Valadares e Coimbrões", refere a IP na resposta à Lusa, estando "em execução os trabalhos de alteamento/alargamento de plataformas no apeadeiro de Madalena".

Atualmente, estão em construção uma passagem inferior para tráfego rodoviário ligeiro e duas passagens inferiores rodoviárias, estando já concluídas ou em fase de conclusão cinco passagens rodoviárias inferiores para ligeiros e outra rodoviária para todo o tipo de tráfego.

Quanto aos peões, já foram construídas cinco passagens inferiores e quatro passagens superiores.

A intervenção entre Espinho e Vila Nova de Gaia, realizada ao abrigo do programa Ferrovia 2020, está orçamentada em 55,3 milhões de euros e iniciou-se em julho de 2020.

+ notícias: Norte

Demolição da fachada do antigo Cinema de Ermesinde gera contestação da população

Por questões de segurança, a Câmara de Valongo avançou com a demolição da fachada do antigo Cinema de Ermesinde. A obra, contestada pela população, avançou devido aos problemas estruturais graves na fachada do edifício, que implicava riscos de segurança. No lugar daquele edifício vai nascer a Oficina Municipal das Artes e fonte da autarquia garantiu ao Porto Canal que a fachada histórica do edificado vai ser preservada.

Urgência de Santo Tirso esteve encerrada de noite porque médico de serviço faltou

A urgência básica do hospital de Santo Tirso não funcionou entre as 0h00 e as 8h00 desta terça-feira, porque o médico que deveria estar de serviço faltou, disse fonte da Unidade Local de Saúde do Médio Ave.

Despiste seguido de capotamento faz dois feridos na A7 na Póvoa de Varzim

Duas pessoas sofreram ferimentos, ao início da tarde desta terça-feira, na sequência de um despiste seguido de capotamento na autoestrada A7 na freguesia de Balazar, no concelho da Póvoa de Varzim, apurou o Porto Canal.