Passagem superior da Granja construída há mais de um ano abriu esta terça-feira

Passagem superior da Granja construída há mais de um ano abriu esta terça-feira
| Norte
Porto Canal/Agências

A passagem superior da Granja sobre a Linha do Norte, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, entrou esta terça-feira em funcionamento, adiantou à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

A nova estrutura localizada no apeadeiro da Granja, dotada com elevadores para assegurar as melhores condições de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, garante o atravessamento sobre a Linha do Norte em condições de segurança e comodidade para os utilizadores do transporte ferroviário.

A infraestrutura faz parte das obras em curso na Linha do Norte entre Espinho (distrito de Aveiro) e a estação das Devesas (Gaia, no distrito do Porto), incluindo-se na mesma empreitada a passagem superior da Aguda, que entrou em funcionamento a 21 de fevereiro.

A IP já pôs a concurso, por 50 mil euros, estudos para passagens inferiores na Granja e Aguda, em Gaia, na sequência de um protocolo de 2022 celebrado após protestos das populações contra as passagens superiores instaladas.

"O estudo de viabilidade consistirá numa análise técnica para a identificação das várias soluções e quantificação das intervenções a realizar na envolvente da infraestrutura para desnivelamento, que permita a passagem de peões na estação de Granja e apeadeiro de Aguda", referiu fonte oficial da IP à Lusa, em agosto.

A IP prevê concluir as obras na Linha do Norte entre Espinho e Vila Nova de Gaia no segundo trimestre do ano, disse fonte da empresa à Lusa em 9 de fevereiro.

Já estão concluídas ou em fase de conclusão o alteamento/alargamento de plataformas de passageiros nas estações de Gaia-Devesas e da Granja e dos apeadeiros de Aguda, Miramar e Francelos Valadares e Coimbrões", refere a IP na resposta à Lusa, estando "em execução os trabalhos de alteamento/alargamento de plataformas no apeadeiro de Madalena".

Atualmente, estão em construção uma passagem inferior para tráfego rodoviário ligeiro e duas passagens inferiores rodoviárias, estando já concluídas ou em fase de conclusão cinco passagens rodoviárias inferiores para ligeiros e outra rodoviária para todo o tipo de tráfego.

Quanto aos peões, já foram construídas cinco passagens inferiores e quatro passagens superiores.

A intervenção entre Espinho e Vila Nova de Gaia, realizada ao abrigo do programa Ferrovia 2020, está orçamentada em 55,3 milhões de euros e iniciou-se em julho de 2020.

+ notícias: Norte

Souto Moura assina novo Tanatório da Maia

O futuro tanatório da Maia vai ter um custo de 13,5 milhões de euros, será financiado na totalidade pela concessionária e vai ter a assinatura de Souto Moura, estando a conclusão do projeto prevista para 2025.

Bloco de Esquerda alerta para "atentado ambiental" em praia da Póvoa de Varzim e chama Governo à responsabilidade

O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) na Assembleia da República pediu, esta segunda-feira, que o governo “apure responsabilidades e tome diligências” sobre o rebentamento de sacos plásticos que protegiam as dunas da praia da Estela, na Póvoa de Varzim.

Póvoa Arena abriu portas ao público durante obras

A Póvoa Arena, na Póvoa de Varzim, abriu portas para ser conhecida por toda a população durante o fim de semana, na celebração do 50º. aniversário de elevação da Póvoa de Varzim a cidade. A arena ainda se encontra em obras e o projeto foi conhecido pela população.