Vão abrir cinco novas creches em Gaia

Vão abrir cinco novas creches em Gaia
| Norte
Porto Canal/Agências

O Município de Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, vai ter cinco novas creches, um projeto financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), revelou esta quinta-feira o presidente da autarquia.

“Vamos ter de colocar comparticipação com certeza, mas ainda não sabemos de quanto. Agora o objetivo é aproveitar verbas do PRR, não desperdiçar uma oportunidade”, disse Eduardo Vítor Rodrigues que falava aos jornalistas na apresentação do relatório de contas de 2023.

As cinco creches serão colocadas nas freguesias de Canidelo, Oliveira do Douro, Afurada, Pedroso e Grijó.

Cada uma terá capacidade para 66 crianças.

Sem avançar com prazos precisos, Eduardo Vítor Rodrigues referiu que os concursos públicos “deverão acontecer em maio” para que as creches seja uma realidade “rapidamente”.

“Isto corresponde a uma resposta que fica aquém da necessidade. Vai ao encontro das necessidades das famílias, mas não resolve a procura. Temos IPSS [Instituições Particulares de Solidariedade Social] com listas de espera para creches superiores ao número de vagas que têm”, referiu o autarca.

Questionado sobre outros investimentos, Eduardo Vítor Rodrigues avançou que também está a candidatar a verbas do PRR a remodelação de quatro escolas EB 2,3 e secundárias.

São elas Gaia Nascente, Carvalhos, Grijó e D. Pedro I e cada empreitada poderá custar entre três a 3,5 milhões de euros.

“Antecipo já que os valores do mercado vão ficar acima e a câmara terá de comparticipar”, disse o autarca, que conta regressão ao Edifício dos Paços do Concelho, atualmente em obras, em outubro.

A obra, de 3,4 milhões de euros, “é a primeira grande remodelação deste edifício em 100 anos”.

+ notícias: Norte

CCDR-N confiante na conclusão do projeto de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo

O presidente da Comissão de Coordenação Regional e Desenvolvimento (CCDR) do Norte, António Cunha, revelou esta quinta-feira à Lusa estar confiante e moderadamente otimista sobre a conclusão do projeto de ligação ferroviária de alta velocidade Lisboa-Porto-Vigo em 2032.

Carros descem escadas e caem ao rio. Aconteceu tudo numa manhã em Cabeceiras de Basto

Foram dois os automóveis que acabaram em sítios “pouco habituais” em Cabeceiras de Basto, na manhã de quarta-feira, escreve a página “Soldados da Paz” na rede social Instagram. A conta de apoio aos bombeiros partilhou imagens de duas ocorrências “sem feridos a registar”.

Circulação retomada na EN13 em Caminha duas horas após colisão rodoviária

A circulação rodoviária na Estrada Nacional (EN) 13 foi retomada cerca das 13h00, duas horas após uma colisão entre dois veículos ligeiros na freguesia de Moledo e Cristelo, em Caminha, que causou seis feridos ligeiros, revelou a GNR.