Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens

Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens
| Norte
Porto Canal / Agências

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e a Câmara de Matosinhos querem abrir ao público a Casa e Quinta de São Gens, em Matosinhos, como um Parque de Natureza e Cultura, anunciaram esta quarta-feira.

O objetivo é implementar um programa que promova a valorização pública e cultural da quinta, palacete, jardim e mata de São Gens, localizada na Senhora da Hora, em Matosinhos, no distrito do Porto, através da sua abertura progressiva ao público sob a forma de um Parque de Natureza e Cultura, referiu a CCDR-N, que atualmente detém a sua gestão, em comunicado.

Já a Câmara Municipal de Matosinhos salientou, na sua página oficial de Internet, que o propósito é afirmar este espaço como “pulmão cultural e verde do Grande Porto”.

A Casa e Quinta de São Gens, que é propriedade do Estado Português desde 1928, tem uma área de 6,5 hectares com um palacete construído no século XVIII, um jardim barroco, uma mata e um conjunto de edifícios contemporâneos construídos pelo Estado no âmbito da instalação da antiga Estação Agrária do Porto ou do Douro Litoral e, posteriormente, da extinta Direção Regional de Agricultura do Norte, explicou a CCDR-N.

A autarquia sustenta que o arranjo e embelezamento do espaço são atribuídos a Nicolau Nasoni, o arquiteto italiano responsável por obras do século XVIII em Matosinhos como a Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, a Quinta do Chantre, em Leça do Balio, ou o portal da Quinta dos Bispos, em Santa Cruz do Bispo.

“No início do século XX, um incêndio esteve na origem de uma remodelação e ampliação do espaço, incluindo os jardins e pátio, preservando-se as esculturas de granito, o tanque-lago e os bancos de pedra atribuídos a Nasoni”, salientou o município.

No âmbito desta parceira entre a CCDR-N e a Câmara de Matosinhos que, na quinta-feira, às 11:00, vão assinar um protocolo, a Quinta de São Gens vai abrir pela primeira vez as suas portas de quinta-feira a sábado.

Para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, que se assinala na quinta-feira, a CCDR-N e a autarquia têm programado para esses três dias cinco visitas guiadas e uma escolar, uma atividade artística e um espetáculo musical.

A entrada é livre, mas de inscrição obrigatória na página oficial da CCDR-N.

+ notícias: Norte

Demolição da fachada do antigo Cinema de Ermesinde gera contestação da população

Por questões de segurança, a Câmara de Valongo avançou com a demolição da fachada do antigo Cinema de Ermesinde. A obra, contestada pela população, avançou devido aos problemas estruturais graves na fachada do edifício, que implicava riscos de segurança. No lugar daquele edifício vai nascer a Oficina Municipal das Artes e fonte da autarquia garantiu ao Porto Canal que a fachada histórica do edificado vai ser preservada.

Urgência de Santo Tirso esteve encerrada de noite porque médico de serviço faltou

A urgência básica do hospital de Santo Tirso não funcionou entre as 0h00 e as 8h00 desta terça-feira, porque o médico que deveria estar de serviço faltou, disse fonte da Unidade Local de Saúde do Médio Ave.

Despiste seguido de capotamento faz dois feridos na A7 na Póvoa de Varzim

Duas pessoas sofreram ferimentos, ao início da tarde desta terça-feira, na sequência de um despiste seguido de capotamento na autoestrada A7 na freguesia de Balazar, no concelho da Póvoa de Varzim, apurou o Porto Canal.