Contrafação em Fafe: produziam e vendiam peças como se fossem de marcas internacionais

Contrafação em Fafe: produziam e vendiam peças como se fossem de marcas internacionais
| Norte
Porto Canal

Uma família, um pai e os dois filhos, foram acusados de participar numa rede de contrafação em Fafe. Segundo o Ministério Público (MP), e conforma avança o Correio da Manhã, os arguidos estavam envolvidos na produção e venda de produtos têxteis falsificados, nos quais eram colocadas marcas internacionais sem autorização. Durante um período de um ano e nove meses, a rede operou numa empresa em Fafe, onde fabricavam e comercializavam os artigos como se fossem verdadeiros.

Seis pessoas foram acusadas pelo Ministério Público por várias infrações, incluindo branqueamento de capitais, fraude sobre mercadorias, contrafação e uso ilegal de marca. O pai e os dois filhos são apontados como peças centrais no esquema, escreve o diário.

De acordo com as investigações, entre março de 2020 e dezembro de 2021, o pai da família produzia a roupa numa empresa, enquanto os dois filhos providenciavam serviços de embalamento noutra localidade. Além disso, os filhos são acusados de terem tentado retirar cerca de 55 mil euros de uma residência, provenientes das atividades ilícitas, para evitar que fossem apreendidos durante buscas policiais realizadas em dezembro de 2021.

O Ministério Público de Guimarães também confiscou mais de 245 mil euros do património do principal arguido, pedindo que esse valor seja perdido a favor do Estado. O caso está agora em fase de investigação, com as autoridades a prosseguirem com as diligências necessárias para a conclusão do processo judicial.

+ notícias: Norte

Metro do Porto já ‘aquece motores’ na nova extensão da Linha Amarela

As carruagens da Metro do Porto encontram-se em fase de testes na extensão da Linha Amarela, de forma a assegurar as normas de segurança.

Prosseguem as buscas por jovem desaparecido no mar em Gaia

As buscas pelo rapaz de 16 anos que desapareceu no mar da praia de Salgueiros, em de Vila Nova de Gaia, recomeçaram este domingo às 08h00 com meios terrestres e marítimos, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Criança morre em atropelamento em Barcelos

Uma criança morreu na manhã deste domingo no seguimento de um atropelamento em Barcelos deixou mais quatro pessoas com ferimentos, uma delas politraumatizada com os três restantes com ferimentos ligeiros. Pelo menos três das vítimas serão crianças.