Câmara de Matosinhos quer avançar com adjudicação de publicidade mesmo com ordem de tribunal contrária

Câmara de Matosinhos quer avançar com adjudicação de publicidade mesmo com ordem de tribunal contrária
DR
| Norte
Porto Canal

A Câmara de Matosinhos quer seguir em frente com a adjudicação da publicidade à empresa Dreammedia, alegando "interesse público", mesmo depois do Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto suspender o concurso público a meio de uma providência cautelar. A decisão judicial chegou depois da JCDecaux, outra das empresas concorrentes, interpor a providência cautelar por detetar irregularidades, avança o jornal Público.

A controvérsia começou depois da Dreammedia ter vencido o concurso público para explorar publicidade em dois lotes em Matosinhos. No entanto, a JCDecaux, multinacional do setor e que também concorria ao concurso, contestou a decisão alegando irregularidades na proposta vencedora.

A intenão foi apresentada ao Tribunal Administrativo e Fiscal, que ordenou a suspensão do processo. Mas a Câmara de Matosinhos considera que deve manter a adjudicação, argumentando que a suspensão compromete o interesse público, especialmente relacionado com a instalação de abrigos de passageiros na rede de transportes públicos, onde a publicidade seria aplicada.

Esta quarta-feira, em reunião privada do Executivo Municipal, a autarquia leva a votação uma resolução para sustentar a não suspensão do procedimento.

+ notícias: Norte

Homem com 50 anos desaparecido no rio Douro em Bragança

Um pescador lúdico com cerca de 50 anos de idade está desaparecido desde o início da tarde desta terça-feira, no rio Douro, junto à freguesia de Mazouco, no município de Freixo de Espada à Cinta, confirmou ao Porto Canal fonte da GNR de Bragança.

Passagem superior da Granja construída há mais de um ano abriu esta terça-feira

A passagem superior da Granja sobre a Linha do Norte, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, entrou esta terça-feira em funcionamento, adiantou à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

Homem de 72 anos detido por suspeitas de violência doméstica em Santa Maria da Feira

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de São João da Madeira deteve um homem de 72 anos, na sequência de uma denúncia associada a um crime de violência doméstica, em Santa Maria da Feira, informou aquela força policial em comunicado de imprensa.