Matosinhos abre concurso de 14 milhões de euros para reabilitar edifícios

Matosinhos abre concurso de 14 milhões de euros para reabilitar edifícios
Fotografia: Câmara Municipal de Matosinhos
| Norte
Porto Canal / Agências

A Câmara de Matosinhos abriu um concurso público para reabilitar os edifícios do Conjunto Habitacional Flor de Infesta no valor de 14 milhões de euros, criando 105 fogos de habitação social, segundo foi publicado em Diário da República, esta segunda-feira.

A obra, a realizar na freguesia de S. Mamede de Infesta e que vai ser votada para aprovação na próxima reunião do executivo da Câmara Municipal de Matosinhos, na quarta-feira, terá um prazo de execução de 14 meses.

O valor total da obra é de 14 milhões de euros mais IVA e serão criadas 105 habitações, sendo destas 46 de tipologia 1, 39 de tipologia 2 e 20 de tipologia 3 e ainda oito unidades de serviços.

Segundo informação daquela autarquia do distrito do Porto, a empreitada inclui a “reabilitação de dois edifícios do Conjunto Habitacional Flor de Infesta, em termos da sua estrutura de betão armado, incluindo infraestruturas hidráulicas, instalações elétricas, telecomunicações, mecânicas, gás e segurança contra incêndio”.

+ notícias: Norte

Matosinhos e CCDR-N querem abrir ao público Quinta de São Gens

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e a Câmara de Matosinhos querem abrir ao público a Casa e Quinta de São Gens, em Matosinhos, como um Parque de Natureza e Cultura, anunciaram esta quarta-feira.

Vai nascer laboratório de investigação no antigo Raf Park em Matosinhos

A Câmara de Matosinhos quer construir um laboratório de investigação ambiental e agrícola, no local onde estava situado o antigo Raf Park, em Santa Cruz do Bispo.

Já há cinco praias no Norte com vigilância fora de época. Federação estende apelo a todo o país

A Federação Portuguesa de Nadadores Salvadores insiste para que a vigilância nas praias se estenda para além da época balnear, em todo o país.