FC Porto: 63 minutos para garantir as "meias"

FC Porto: 63 minutos para garantir as "meias"
| Desporto
Porto Canal

FC Porto e Santa Clara medem forças a partir das 16h00 no Estádio de São Miguel e na Sport TV

Três semanas depois de terem sido interrompidos devido ao temporal que assolou a capital açoriana, os quartos de final da Taça de Portugal são reatados esta quarta-feira, a partir do minuto 27, em Ponta Delgada e na Sport TV. O apito inicial de Cláudio Pereira, que entretanto substituiu o lesionado Gustavo Correia, está agendado para as 16 horas de Portugal continental.

Frente a frente, tal como no passado dia 7, voltam a estar FC Porto e Santa Clara, dois embaixadores de duas regiões bem distintas que já se defrontaram 20 vezes desde 1999: os nortenhos ganharam 17 e marcaram 41 golos, os insulares venceram duas e faturaram 14 vezes.

Na data original Sérgio Conceição lançou de início Diogo Costa, João Mário, Pepe, Fábio Cardoso, Wendell, Alan Varela, Nico González, Pepê, Francisco Conceição, Galeno e Evanilson - o camisola 11 treinou integrado condicionado para debelar uma mialgia na coxa direita.

No banco de suplentes ficaram Cláudio Ramos, Otavio, Marko Grujic, Eustáquio, André Franco, Iván Jaime, Gonçalo Borges, Danny Namaso e Toni Martínez. Gonçalo Ribeiro, Marcano, Zaidu e Mehdi Taremi realizaram apenas tratamento e são baixas confirmadas devido a lesão.

Os portistas venceram três das últimas Taças e têm um registo impressionante na prova rainha: somam 17 vitórias consecutivas, não perdem fora de casa há 18 jogos, só provaram o amargo sabor da derrota uma vez nos últimos 37 e ainda não sofreram qualquer golo na presente edição.

Feridas para sarar
A comitiva azul e branca, composta por 23 jogadores, aterrou no Aeroporto João Paulo II decidida a limpar a imagem deixada em Barcelos, onde empatou contra o Gil Vicente, ao minuto 94, e deixou mais dois pontos na luta pelo principal objetivo da temporada. Está agora a nove do Benfica, o próximo adversário no campeonato (domingo, 20h30), e a sete do Sporting, que tem uma jornada em atraso.

No rescaldo da 23.ª jornada, Evanilson descreveu “uma situação muito difícil”, destacou o número de oportunidades desperdiçadas - “faltou definir melhor” - e prometeu “continuar a trabalhar” focado em “melhorar no último terço”.

Sérgio Conceição, por sua vez, lamentou as “muitas ocasiões” esbanjadas, lembrou que tantos “golos falhados” deixam a equipa “à mercê de uma bola parada, de um ressalto, de uma situação no último minuto” e “há que assumir isso”. “A questão é bem visível, não vale a pena estar aqui com grandes conversas: faltou fazer o segundo, o terceiro e o quarto golo”, constatou.

Bravos açorianos
O Santa Clara está a realizar uma época excecional sob o comando técnico de Vasco Matos. Nos 28 jogos realizados em 2023/24, o conjunto orientado pelo antigo treinador-adjunto do Casa Pia venceu 17, empatou 10, perdeu somente um e lidera a Segunda Liga com três pontos de vantagem sobre o AVS.

Por incrível que pareça, o único desaire da temporada do Santa Clara teve lugar dentro de portas, contra o Mafra, mas o Estádio de São Miguel é um terreno dificílimo para quem o visita - que o digam 19 dos últimos 20 visitantes na Taça de Portugal. Invictos há oito jogos, os insulares sofreram sempre contra o FC Porto em Ponta Delgada, porém, mesmo assim, chegaram a eliminar os Dragões de Sérgio Conceição da Taça da Liga na melhor campanha do mister na Invicta (2021/22).

Castelo à vista
O vencedor da eliminatória já conhece o nome do último adversário no caminho para o Jamor. O Vitória SC afastou o Gil Vicente, em Guimarães (3-1), e aguarda pelo desfecho dos 63 minutos que restam disputar entre Santa Clara e FC Porto para saber qual dos conjuntos irá receber nos primeiros dias de abril.

Do outro lado do quadro, a partir das 20h45 desta quinta-feira (RTP1), Sporting e Benfica digladiam-se por um lugar na final de Oeiras. A primeira mão das meias-finais realiza-se em Alvalade e a segunda na Luz.

+ notícias: Desporto

FC Porto (Hóquei em Patins): Liderança mantida no conforto do lar

FC Porto venceu o SC Tomar (5-0), no Dragão Arena, e continua na frente do campeonato.

FC Porto B: Tarde desinspirada no Olival. Crónica de jogo 

FC Porto B perdeu em casa com a Oliveirense (1-0) na 29.ª jornada da Liga Portugal 2. 

Miguel Oliveira termina em 11.º no GP das Américas de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) foi este domingo 11.º classificado no GP das Américas de MotoGP, terceira ronda do campeonato do mundo.