GNR divulga vídeo de estufas de droga escondidas no Grande Porto

GNR divulga vídeo de estufas de droga escondidas no Grande Porto
| Norte
Porto Canal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) divulgou um vídeo da apreensão de mais de oito mil doses de estupefacientes e desmantelamento de duas estufas no Grande Porto.

 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 

Uma publicação partilhada por Porto Canal (@porto.canal)

 

Foram detidos oito homens, “com idades compreendidas entre os 36 e os 50 anos, por tráfico de estupefacientes”, informa a GNR em comunicado.

As detenções foram realizadas “nos concelhos do Porto, Matosinhos, Valongo e Paredes”, entre os dias 20 e 24 de fevereiro.

As investigações, que duravam “há cerca de dois anos”, “permitiram desmantelar uma rede de tráfico de estupefacientes”. Foram também desmanteladas “duas estufas de grande dimensão, uma em armazém e outra em residência.”

Foram apreendidas “6430 doses de canábis, 2064 doses de haxixe, 20 doses de MDMA, uma arma de fogo, uma soqueira, em punhal e 2755 euros em dinheiro” avança a GNR, além de “material de controlo da temperatura e humidade como lâmpadas de aquecimento, termómetros, extratores e desumidificadores”

A dois dos detidos foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

+ notícias: Norte

Incêndios. Autarca de Terras de Bouro pede regresso de helicóptero a Braga

O presidente da Câmara de Terras de Bouro, Manuel Tibo, pediu este sábado o regresso de um helicóptero ligeiro de combate a incêndios a Braga, retirado há um ano, lembrando a "perigosidade máxima" do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

Há 400 presépios para ver em Barcelos

Em Barcelos desde o início deste mês que estão em exposição em vários espaços mais de 400 presépios de artesãos do concelho. Uma óptima oportunidade para conhecer mais e melhor do artesanato barcelense.

Pena de 25 anos de prisão para seis envolvidos na morte de empresário de Braga

O Tribunal de São João Novo, no Porto, aplicou esta quarta-feira 25 anos de prisão, a pena máxima, a seis envolvidos em 2016 no sequestro e homicídio de um empresário de Braga, cujo corpo acabou dissolvido em ácido sulfúrico.