FC Porto (Sub-19): Ambição de A a Z

FC Porto (Sub-19): Ambição de A a Z
| Desporto
Porto Canal

O FC Porto foi a melhor equipa da fase de grupos da Youth League, mas nem por isso escapou a um decisivo duelo fora de portas em casa do campeão europeu, AZ Alkmaar, nos oitavos de final da prova. Os Dragões vão jogar esta terça-feira nos Países Baixos (15h00, Porto Canal/FC Porto TV) com o objetivo de destronar os neerlandeses e seguir em frente na competição que conquistaram em 2018/19.

Estatuto provado em campo

24 golos marcados e zero sofridos. 16 vitórias consecutivas na competição, a um triunfo do recorde detido pelo Chelsea. É este o cartão de visita do adversário dos portistas nesta terça-feira, que no ano passado ultrapassou o Eintracht Frankfurt, o Barcelona, o Real Madrid, o Sporting e, na final, o Hajduk Split (5-0) para levantar o troféu.

Na presente temporada, tornou a participar na principal prova europeia de juniores através do caminho doméstico e a receita para o sucesso parece ainda estar bem viva na cabeça dos atletas treinados por Jan Sierksma. Na primeira eliminatória, os neerlandeses dizimaram os lituanos do Klaipéda por 14-0 (no agregado das duas mãos), ultrapassaram o Molde por 6-3 (4-3 e 2-0) na segunda ronda e deixaram para trás o Atlético de Madrid no play-off de acesso a estes “oitavos” (1-0).

Duas setas apontadas à baliza portista
O número de remates certeiros da equipa diz tudo sobre o perigo que os dois avançados do oponente representam. Na atual edição, Yoel van den Ban é o melhor marcador e principal destaque do AZ com quatro golos e uma assistência em cinco jogos, secundado pelo companheiro de posição Anthony Smits, que já festejou por três vezes em cinco partidas.

Tanta magia deixa água na boca
Talento individual e coletivo, qualidade técnico-tática e muita irreverência. Assim se caracteriza a equipa de Nuno Capucho, que foi a melhor de todas as que participaram na fase de grupos da Youth League. Os Dragões somaram 15 pontos, tantos como o Barcelona, mas com vantagem no confronto direto, e foram o segundo melhor ataque da etapa inaugural com 17 golos, menos um do que o Copenhaga.

O percurso azul e branco arrancou no reduto emprestado do Shakhtar e com uma vitória expressiva por 4-1, que seria confirmada em Pedroso na sexta jornada com um sólido 2-0. No frente a frente com o representante catalão do grupo, os da Invicta até perderam em casa por 2-0, mas uma exibição brilhante em La Masia resultou num triunfo avolumado por 4-0. Diante do Antuérpia, os parciais de 4-1 fora e de 3-1 em casa não deixaram dúvidas de que o FC Porto merecia seguir em frente.

Sem medo de carregar no acelerador
São dos Dragões os homens em maior destaque na prova até ao momento. Numa equipa sempre ligada à corrente e com os olhos na baliza, não podiam ser outros que não os elementos mais ofensivos a sair evidenciados. Rodrigo Mora leva cinco golos e é o melhor marcador da prova a par com Anhá Candé, avançado que junta ainda aos remates bem-sucedidos três passes para finalização, mais contribuições para golo do que qualquer outro jogador. É precisamente no parâmetro das assistências que se distancia dos demais Jorge Meireles, com cinco passes fulcrais a que alia ainda dois golos em seis jogos.

+ notícias: Desporto

FC Porto (Hóquei em Patins): Liderança mantida no conforto do lar

FC Porto venceu o SC Tomar (5-0), no Dragão Arena, e continua na frente do campeonato.

FC Porto B: Tarde desinspirada no Olival. Crónica de jogo 

FC Porto B perdeu em casa com a Oliveirense (1-0) na 29.ª jornada da Liga Portugal 2. 

Miguel Oliveira termina em 11.º no GP das Américas de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) foi este domingo 11.º classificado no GP das Américas de MotoGP, terceira ronda do campeonato do mundo.