FC Porto: Mentalidade europeia no regresso ao campeonato

FC Porto: Mentalidade europeia no regresso ao campeonato
| Desporto
Porto Canal

Acabado de se superiorizar ao segundo plantel mais valioso da Europa e de amealhar uma importante vantagem nos oitavos de final da Liga dos Campeões, o FC Porto volta a focar-se na perseguição ao título nacional, o "principal objetivo" de Sérgio Conceição, e para este domingo está marcada uma difícil deslocação a Barcelos (18h00, Sport TV). Na primeira volta, Eustáquio decidiu a favor dos da Invicta aos 91 minutos, depois de Iván Jaime ter inaugurado o marcador aos oito e de Depú ter reduzido ainda antes do intervalo.

Um galo que não se farta de cantar

O FC Porto vai ter pela frente a sexta melhor equipa do campeonato a jogar em casa (19 pontos) e a sexta com mais pontos amealhadas nos últimos cinco jogos (nove). O Gil Vicente só tem duas derrotas em Barcelos - frente a Benfica (3-2) e Vizela (1-0) - e já travou as intenções de SC Braga (3-3) e Vitória de Guimarães (1-0). Os gilistas são o oitavo melhor ataque da prova (33 golos), o quarto melhor na condição de visitados (22 golos), e a sexta pior defesa (36 golos sofridos). Rúben Fernandes, o capitão e central de 37 anos, é o único totalista no campeonato nacional.

Combustível europeu leva a ambição até Barcelos
Os Dragões vêm de uma fantástica vitória europeia, na qual Galeno esteve em destaque ao marcar o único golo do encontro aos 94 minutos, um pontapé fabuloso que fez os 50 mil adeptos presentes no estádio exultarem de alegria, o levou até à Equipa da Semana da Champions e acabou nomeado Golo da Semana pela UEFA.

Nos últimos cinco jogos, o camisola 13 e Evanilson contribuíram para cinco remates certeiros dos portistas e são duas armas a ter em conta pelos gilistas. Na defesa, Otavio e Wendell também estiveram entre os melhores do Velho Continente esta semana. O central, que se estreou na Liga dos Campeões, foi decisivo ao assistir para o golo que valeu o triunfo.

O único amargo da Champions foi a fadiga muscular acumulada pelo lateral esquerdo brasileiro, que treinou integrado condicionado e está em dúvida para o duelo deste domingo. Gonçalo Ribeiro, Iván Marcano, Zaidu e Mehdi Taremi são cartas fora do baralho de Sérgio Conceição, que encara a 23.ª jornada “como uma autêntica final” em que “a margem de erro é praticamente nula” e relembra: “A nossa Champions é o Campeonato”.

A correria habitual
O triunfo frente ao Estrela da Amadora marcou o início de um ciclo apertado para o FC Porto em termos de calendário. Desde o triunfo contra os tricolores, a equipa técnica teve apenas quatro dias para preparar com grande brilhantismo o triunfo frente ao Arsenal, o mesmo espaço temporal que antecede este duelo em Barcelos, a decisão dos “quartos” da Taça de Portugal, nos Açores (quinta-feira, 16h00), e o clássico frente ao Benfica (3 de março, 20h30). Este é o preço a pagar por quem luta em todas as frentes.

Motivados pela história
O Gil Vicente é o quarto adversário interno contra quem o FC Porto tem maior percentagem de vitórias. Os Dragões totalizam 43 triunfos, cinco empates e seis derrotas contra os galos, números que se traduzem numa percentagem vitoriosa de 79,63%, só inferior às dos duelos frente a Casa Pia (87,5%), Portimonense (81,82%) e Arouca (80%). No Minho, os azuis e brancos já venceram em 17 ocasiões, sete das quais nos últimos dez jogos.

Minhotos renovados no campo e na bancada
O barcelenses foram uma das equipas que mais se movimentou no mercado de transferências em 2023/24. Registaram 19 entradas, entre as quais se destacam as de Félix Correia, de Maxime Dominguez - o melhor marcador da equipa na Liga, com seis golos e quatro assistências - e dos laterais Zé Carlos e Leonardo Buta. Do Minho saíram 14 jogadores, um lote onde se incluem Fran Navarro, Vítor Carvalho, Adrián Marín e Boselli.

Também houve alterações no comando técnico e na tribuna presidencial. Ivo Vieira abandonou o clube e para o lugar de timoneiro chegou Vítor Campelos, treinador que foi adjunto de Sérgio Conceição em Guimarães e que orientou o Moreirense, o Desportivo de Chaves e os árabes do Al Taawon. Avelino Dias da Silva sucedeu ao irmão, Francisco Dias da Silva, na presidência do Gil Vicente e disse querer “um clube mais forte e uma equipa consistente” de forma a “consolidar a posição na tabela”.

 

+ notícias: Desporto

FC Porto: Mensagem do Presidente da Mesa da Assembleia Geral

O FC Porto divulgou, através do seu website, a mensagem de José Lourenço Pinto, que se dirige aos sócios do clube na antecâmara das eleições.

Eis as listas completas às Eleições do FC Porto

Já foram entregues e validadas pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral do FC Porto, José Lourenço Pinto, os nomes de todos os candidatos ao ato eleitoral para os Órgãos Sociais do clube no quadriénio 2024-2028. As Listas A, B e C concorrem à Mesa da Assembleia Geral, à Direção e ao Conselho Fiscal e Disciplinar. Para a eleição do Conselho Superior apresentam-se a votos as Listas A, B e D.

FC Porto: Francisco Conceição eleito melhor jovem da liga em março

Avançado marcou um golo e foi titular nos quatro jogos do FC Porto no mês passado