Diogo Rêma e a experiência na baliza azul e branca do FC Porto

| Desporto
Porto Canal

Diogo Rêma é um dos guarda-redes do plantel de andebol do FC Porto. Depois de uma temporada de empréstimo ao FC Gaia, o jovem de 1,89 metros retornou à casa de partida para voltar a vestir de azul e branco e continuar a trabalhar com o técnico Carlos Resende.

Em entrevista no mais recente episódio do programa ‘Magazine FC Porto’, do Porto Canal, Diogo Rêma fala da experiência na baliza azul e branca dos ‘Dragões’.

O jovem guarda-redes tem vivido um momento bom na sua carreira e sente que isto “é o culminar do trabalho que tem vindo a fazer até agora”. “Nunca esperava ter tanto êxito assim tão rápido”, admite Diogo Rêma, acrescentando que “espera continuar a evoluir todos os dias”.
“O facto de ter 19 anos é menos um peso. Não me sinto nervoso para nenhum jogo neste momento, nos últimos anos sentia esse nervosismo”, confidencia.

Diogo Rêma conta ainda que “enquanto puder dar o meu melhor contributo vou jogar e quando o meu corpo deixar de jogar deixo de jogar”.

Rêma começou no Colégio dos Carvalhos, uma das grandes escolas formadoras do país, ingressou no principal emblema gaiense em 2019 e mudou-se para a Invicta no ano seguinte.

Pelo meio sagrou-se Campeão Nacional de iniciados, venceu o Torneio das 4 Nações em sub-16 e, desde que é Dragão, os títulos têm-no perseguido: conquistou o título de juniores e seniores, ergueu uma Taça de Portugal e, pela seleção lusa, arrecadou duas competições internacionais nos escalões jovens.

Internacional sénior por Portugal numa ocasião - aquando da vitória sobre o Luxemburgo na qualificação para o Europeu, em abril último - soma 29 jogos e 4 golos pela equipa principal portista e prepara-se para defender as redes azuis e brancas na época que se avizinha.

+ notícias: Desporto

FC Porto: Guia de acesso prioritário para eleitores com mobilidade reduzida

Eleições do FC Porto realizam-se sábado entre as 9h e as 20h no Estádio do Dragão. 

FC Porto: Francisco Conceição continua no Dragão 

Internacional português será jogador do FC Porto até 2029. 

Francisco Conceição: "É um regresso definitivo a casa" 

Francisco Conceição será jogador do FC Porto até 2029 depois de o clube acionar a opção de compra prevista no contrato de empréstimo do mais recente internacional português. A viver “mais um momento especial”, garantido o “regresso definitivo” à casa onde se sente realmente “feliz”, o Melhor Jovem da Liga em março fala do concretizar de “um objetivo traçado desde o início da temporada” que só foi possível graças ao “trabalho”, à “confiança” e à “ajuda de toda a equipa e do staff”.