Aumento do Imposto Único de Circulação vai manter-se, confirma primeiro-ministro 

Aumento do Imposto Único de Circulação vai manter-se, confirma primeiro-ministro 
| País
Porto Canal/Agências

O primeiro-ministro defendeu esta quarta-feira o aumento do Imposto Único de Circulação (IUC) para os carros anteriores a 2007 alegando que é preciso “fazer escolhas” e a sua recai na redução de impostos sobre os rendimentos de trabalhadores e pensionistas para “maior justiça social”.

No regresso dos debates quinzenais, que têm agora um novo modelo, o presidente e deputado da IL, Rui Rocha, desafiou António Costa a recuar nesta medida de “crueldade fiscal” e que afeta as pessoas “mais desfavorecidas”.

“Fazer política implica fazer escolhas. O senhor deputado tem que escolher, prefere mais 25 euros de IUC ou menos 874 euros de IRS”, questionou, dando como o exemplo esta redução de IRS para um casal que tem dois filhos e cada um ganha 1.500 euros.

A escolha do primeiro-ministro, nas suas próprias palavras, “é muito simples”.

“É que eu quero baixar os impostos sobre os rendimentos do trabalho e sobre os rendimentos dos pensionistas porque quero maior justiça social em Portugal”, afirmou.

Segundo António Costa, a oposição “tem que decidir se a emergência climática é todos os dias ou é só à segunda, quarta e sexta-feira”, referindo-se ao facto deste aumento do IUC resultar de uma componente ambiental.

+ notícias: País

ANA espera constrangimentos em aeroportos nacionais após falha global da Microsoft

A ANA diz que são esperados constrangimentos nos aeroportos nacionais já que há companhias aéreas e empresas de 'handling' afetadas pela falha global no sistema da Microsoft, pedindo aos passageiros que se informem sobre o estado dos seus voos.

Fisco alerta para ‘emails’ fraudulentos com recurso à imagem da Autoridade Tributária

A Autoridade Tributária e Aduaneira emitiu um alerta de segurança sobre mensagens de correio eletrónico fraudulentas, pedindo que sejam ignoradas.

FC Porto vai ter jogo difícil frente a Belenenses moralizado afirma Paulo Fonseca

O treinador do FC Porto, Paulo Fonseca, disse hoje que espera um jogo difícil em casa do Belenenses, para a 9.ª jornada da Liga de futebol, dado que clube "vem de uma série de resultados positivos".