Funcionários em luta pedem melhores condições de trabalho na Autoridade Tributária e Aduaneira de Vila Real

| Norte
Porto Canal

Os funcionários da autoridade tributária do distrito de Vila Real fizeram uma greve parcial e saíram à rua em protesto contra as condições de trabalho. A redução de recursos humanos afeta, em especial, as repartições mais pequenas no interior do país.

Com os serviços cada vez mais vazios de pessoas mas mais cheios de trabalho, os funcionários da Autoridade Tributária e Aduaneira do distrito de Vila Real sentem-se a caminhar para o colapso. Por isso, juntaram-se ao protesto nacional para reivindicar melhores condições de trabalho. Um dos manifestantes, ouvidos pelo Porto Canal, diz que “grande parte dos colegas estão a sair para a reforma e não existem concursos suficientes que reponham os colegas que saem”.

Além das paralisações, os trabalhadores realizaram ainda, junto das populações, ações de sensibilização para a necessidade de um serviço realizado em condições dignas, que trará benefícios para todos.

+ notícias: Norte

Avança demolição de habitações em risco na costa de Esposende com final à vista para dezembro

O projeto de execução para demolição das construções em risco em Cedovém, em Esposende, cuja conclusão esteve prevista para final de 2023, vai avançar, após aval do novo Governo, prevendo-se a sua conclusão até dezembro, foi esta quarta-feira revelado.

Estádio de Aveiro ainda não está pago e precisa de obras de 10 milhões de euros

Vinte anos depois de ter sido construído para o Euro2004, o Estádio Municipal de Aveiro ainda não está totalmente pago e já precisa de obras urgentes, que obrigam a um avultado investimento por parte da autarquia.

PS Braga critica gestão "à pai Adão" da empresa de águas e resíduos

O vereador do PS na Câmara de Braga Artur Feio criticou esta quinta-feira a gestão "à pai Adão" da empresa Agere, apontando o exemplo do serviço da varredura de ruas, que diz ser prestado sem qualquer acompanhamento ou fiscalização.