Sabe porque é que é feriado no dia 1 de dezembro?

Sabe porque é que é feriado no dia 1 de dezembro?
| País
Porto Canal

O feriado de 1 de dezembro foi suspenso em 2012 e na época criou uma forte indignação. O objetivo da suspensão, aprovada sob o governo de Passos Coelho em 2012, foi "acompanhar, por esta via, os esforços de Portugal e dos portugueses para superar a crise económica e financeira que o país atravessa". Mas ele voltou. Em 2016, o primeiro de dezembro volta a ser feriado em Portugal, dando as boas-vindas ao último mês do ano com uma folga para a maioria dos portugueses.

Mas porque é que é feriado? Este dia assinala o golpe revolucionário de 1 de dezembro de 1640, que acabou com o domínio da dinastia filipina sobre Portugal, retirando o país do domínio espanhol e colocando no trono D. João IV. O golpe é designado como a Restauração da Independência.

Este feriado particular tem-se mantido desde a monarquia, passando os primeiros anos de República, o Estado Novo e o 25 de Abril, tendo estado suspenso apenas durante três anos. Foi um dos quatro feriados suprimidos a partir de 2013 pelo Governo PSD/CDS-PP, que foram repostos em 2016 pelo Governo socialista de António Costa.

Embora a Revolução tenha acontecido em 1640, só em 1668 é que os espanhóis consideraram Portugal como um reino independente, com a assinatura do Tratado de Lisboa. Há quase 200 anos, desde 1823, que o 1º de dezembro é feriado nacional.

+ notícias: País

Presidente da TAP chamado à AR para explicar prejuízos trimestrais

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, vai ser chamado ao parlamento para prestar esclarecimentos sobre os prejuízos do primeiro trimestre, no seguimento da aprovação por unanimidade de requerimentos apresentados pelos grupos parlamentares do Chega e do PSD.

Até os patos viraram o pescoço para ver o meteoro passar

O meteoro que pintou de azul e verde os céus de Portugal e Espanha ao final da noite do último sábado, dia 18 de maio, não impressionou só os humanos que o viram. Uma transmissão na plataforma de streaming Twitch mostrou a reação de um grupo de patos à passagem do clarão nos céus.

Está escolhido o novo diretor executivo do SNS

O Ministério da Saúde anunciou esta quarta-feira que escolheu o médico António Gandra d’Almeida para substituir Fernando Araújo como diretor executivo do SNS e adiantou que o tenente-coronel tem uma vasta experiência em emergência médica.