Quatro detidos em flagrante por furto em residência em Vila Nova de Gaia

Quatro detidos em flagrante por furto em residência em Vila Nova de Gaia
| Norte
Porto Canal / Agências

A GNR deteve, no sábado, em flagrante três homens e uma mulher, entre os 20 e os 39 anos, por furto em residência, no concelho de Vila Nova de Gaia, anunciou esta segunda-feira o Comando Territorial da GNR do Porto.

No âmbito de uma denúncia a informar que uma residência estaria a ser alvo de furto, na freguesia de Arcozelo, os militares da Guarda “deslocaram-se de imediato para o local, onde detiveram em flagrante os quatro suspeitos, os quais estavam na posse de três caleiras em cobre, já danificadas”, refere a GNR em comunicado.

No decorrer da ação policial, foi possível apurar que “os suspeitos, através do escalamento de muros, invadiram a propriedade e furtaram o material que se encontrava junto à casa”, tendo sido apreendido o material furtado e uma viatura.

Os detidos, todos com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, já foram ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, tendo-lhes sido aplicadas as medidas de coação de apresentações semanais nos postos policiais das respetivas áreas de residência e de proibição de contactos entre eles.

+ notícias: Norte

Chuvas fortes de janeiro causaram 5ME de prejuízos em espaços privados de Gaia

O mau tempo do início de janeiro causou prejuízos de mais de cinco milhões de euros em casas e comércios de Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, adiantou esta segunda-feira o presidente da câmara municipal.

Bar do Porto reconhece “falha” após episódio de homofobia

O responsável pelo estabelecimento ‘Maus Hábitos’ reconhece que se tratou de uma “falha grave”. Depois de um grupo de jovens ter sido agredido, esta sexta-feira à noite, depois de vários comentários homofóbicos, o responsável pelo espaço diz que se tratou de “um erro” o facto de terem sido expulsos todos os envolvidos, “deixando assim as vítimas vulneráveis”.

Saiu em Famalicão a nova raspadinha de 77.777 euros

Uma raspadinha com 77.777 euros foi adquirida por um apostador no "Quiosque Central e Pão Quente O Guedes", de Cabeçudos, em Famalicão.