Mirandela está a transformar resíduos orgânicos em biogás

| Norte
Porto Canal

Um projeto inovador em Mirandela está a transformar os resíduos orgânicos depositados no aterro sanitário do Nordeste em Biogás. O combustível renovável já foi injetado na rede e está a abastecer as indústrias do complexo industrial do Cachão.

É do lixo que todos fazemos e que diariamente chega aos aterros se faz gás, um biogás que vem substituir o que habitualmente é usado de origem fóssil.

Na queijaria do complexo industrial do cachão o biogás é usado desde julho, altura em que foi feita a primeira injeção na rede. Uma mudança que não implicou nenhum trabalho nem investimento a empresa Dourogás.

E é bem próximo deste complexo industrial que o biogás é produzido. O projeto pioneiro é resultado de uma parceria entre a empresa que gere o aterro sanitário e uma empresa ligada ao setor da energia

É neste local que o gás e purificado é preparado para ser injetado na rede, gás 100% renovável a partir da digestão anaeróbia de resíduos orgânicos que são depositados no aterro sanitário.

Antes da injeção na rede de distribuição de gás este biocombustível já era usado para abastecer os veículos do aterro sanitário. São cerca de 40 os camiões movidos a lixo.

Desta forma, o aterro que ninguém queria acolher transformou-se numa fonte de energias que até ao final do ano irá também abastecer as casas da aldeia do Cachão.

O projeto já foi apresentado ao ministro do Ambiente e Ação Climática, que elogiou o projeto inovador essencial no processo de reduzir a dependência nacional da importação de gás.

O Governo pretende generalizar projetos como o de Mirandela, através de incentivos aos municípios, nomeadamente a devolução de parte das taxas de gestão de resíduos em aterro ou vir a financiar a tonelada de resíduos recolhidos.

+ notícias: Norte

Ministra diz não existir nenhuma objeção para que barragens paguem IMI

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira não existir da parte do Governo "nenhuma objeção a que as barragens paguem IMI" e que essa receita poderá ser "importante" para futuros investimentos públicos infraestruturantes.

Viana do Castelo. Duas pessoas encarceradas em choque em cadeia no acesso à A28

Duas pessoas ficaram encarceradas, na tarde desta sexta-feira, na sequência de um choque em cadeia entre cinco veículos, na variante IC1, no acesso à A28, em Viana do Castelo. 

Câmara de Braga transfere mais de 250 mil euros para obras nas freguesias

A Câmara de Braga vai atribuir apoios financeiros de mais de 250 mil euros para a realização de obras em diversas freguesias do concelho, assim como 63 mil euros à Associação Musical Sinfionetta de Braga. As proposta estarão em discussão na próxima Reunião do Executivo Municipal, a realizar na próxima segunda-feira.