"Isto tem de ser o mínimo que temos de fazer". A reação do 'plantel azul e branco' à vitória

"Isto tem de ser o mínimo que temos de fazer". A reação do 'plantel azul e branco' à vitória
| Desporto
Porto Canal

Eustaquio, Pepê e Mehdi Taremi analisaram a vitória expressiva frente ao SC Braga (4-1)

O FC Porto recebeu e venceu o SC Braga (4-1) na 8.ª jornada da Liga. Nas reações ao triunfo, Eustaquio – autor de um golo e de uma assistência – começou por ressalvar que “isto tem de ser o mínimo” que se exige aos Dragões e sublinhou a “responsabilidade muito grande em representar este clube”, “algo que sai do cabedal, mas é o que tem de ser”. Pepê reiterou a tese do médio e extravasou o sentimento do plantel: “Sabemos que devíamos algo a nós mesmos e aos adeptos, mas trabalhámos muito durante estas duas semanas para procurarmos o nosso melhor futebol, que é o que queremos praticar. Procuramos sempre dar o nosso melhor”. Por fim, Taremi realçou o “bom trabalho” da equipa e agradeceu aos adeptos, que “são fantásticos, uma grande motivação”, antes de explicar o porquê de não ter celebrado como habitualmente faz: “Por causa da situação no Irão, não celebrei. No Irão, há problemas e não estou contente com isso”.

 

Eustaquio
“Penso que isto tem de ser o mínimo que temos de fazer. Temos uma responsabilidade muito grande em representar este clube, é algo que sai do cabedal, mas é o que tem de ser e estou muito feliz pela vitória. Queríamos entrar com tudo, mas estender isso durante 90 minutos. Não tem acontecido essa reação após o golo, mas apesar do 2-1, hoje fomos atrás do 3-1 e do 4-1. Foi uma excelente vitória. [Marcar um golo] é um sentimento de felicidade, uma honra muito grande, mas estou aqui para marcar golos, para jogar bem e para dar o meu melhor. Vou tentar estender esta fase durante o maior tempo possível e acumular isso com o título nacional.”

 

Pepê
“Somos uma equipa muito agressiva e tentamos estar sempre com a bola, hoje não foi diferente. Sabemos que devíamos algo a nós mesmos e aos adeptos, mas trabalhámos muito durante estas duas semanas para procurarmos o nosso melhor futebol, que é o que queremos praticar. Procuramos sempre dar o nosso melhor, fizemos uma grande primeira parte, impusemos o nosso jogo, o nosso trabalho e alcançámos um bom resultado ao intervalo .Entrámos desligados na segunda parte, mas como temos trabalhado bastante, não deixámos isso atrapalhar-nos e conseguimos fazer o terceiro e quarto golos.Sinto-me um jogador muito melhor desde que cheguei aqui, faço outras posições em que não jogava e fico lisonjeado pela confiança do mister no meu trabalho. Vou dar sempre o meu melhor, procurar evoluir e ajudar os meus companheiros.”

 

Mehdi Taremi
“Foi um bom jogo da nossa parte, tivemos muitas oportunidades para marcar, fizemos um bom trabalho e graças a Deus ganhámos o jogo. É muito bom jogar no Dragão com os nossos adeptos porque são fantásticos e ajudam-nos muito. Agradeço-lhes porque são uma grande motivação, com eles podemos ganhar qualquer jogo. Estou muito contente com o FC Porto. Por causa da situação no Irão, não celebrei. No Irão, há problemas e não estou contente com isso. Eu respeito muito as pessoas que lá me apoiam, estou aqui por causa delas também e por isso não celebrei. Do lado do FC Porto, estou muito contente por termos ganho o jogo.”

+ notícias: Desporto

Danny Namaso: “Tenho sempre a ambição de marcar para ajudar a equipa”

Após o apito final em Chaves, Danny Namaso, autor dos dois golos com que o FC Porto venceu (2-0) na 2.ª jornada do grupo A da Taça da Liga, mostrou-se “muito feliz, principalmente pela vitória” e por ter podido “ajudar a equipa”, algo que tem “sempre a ambição” de fazer.

FC Porto: Danny Namaso, o dono das Chaves. Crónica de jogo

O FC Porto é líder isolado do Grupo A da Taça da Liga depois de vencer em casa do Chaves, por 2-0, em partida referente à 2.ª jornada, com um bis de Danny Namaso (55m e 59m). Com uma ronda por disputar, o FC Porto soma quatro pontos, mais dois que Mafra e Vizela e mais um do que os flavienses.

A homenagem dos Sub-19 do Tondela a Fernando Gomes, bibota de ouro

A equipa de sub-19 do CD Tondela homenageou, esta quinta-feira, Fernando Gomes, melhor marcador da história do FC Porto e “bibota” de ouro, antes da partida com os 'azuis e brancos' com a oferta de uma camisola personalizada com o nome do antigo atleta. O momento foi assinalado nas redes sociais dos 'Dragões'.