Sérgio Conceição: "Encarar um candidato ao título e ganhar os três pontos"

Sérgio Conceição: "Encarar um candidato ao título e ganhar os três pontos"
| Desporto
Porto Canal

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, reconheceu, esta quinta-feira, na conferência de imprensa de antevisão do encontro contra o SC Braga, o bom momento dos minhotos, mas reforça a ambição dos "Dragões" em conquistar os três pontos. 

O técnico azul e branco salientou o trabalho levado a cabo na preparação do encontro da 8ª jornada, diante do SC Braga, tendo em conta o bom início de época da formação bracarense. 

"Trabalhamos todos os aspetos do jogo que possam ser importantes. Olhamos para o adversário e o momento actual, e para algumas coisas que temos de continuar a trabalhar na equipa", frisou.

Sobre a formação de Artur Jorge, o treinador portista frisou a dinâmica ofensiva dos arsenalistas. 

"Disse que não íamos falar muito sobre o adversário, mas olhando de forma rápida, é um 4x4x2 clássico, os avançados são muito combativos, os alas atacam por fora e defendem por dentro, tem laterais interessantes, o Al Musrati é a âncora da equipa. Há várias dinâmicas, mas é um 4x4x2 que já usei, têm dinâmicas interessantes, colocam muitos jogadores no ataque, são jogadores humildes, que trabalham bem. Depois têm os miúdos que são uma lufada de ar fresco. Têm um grupo de trabalho interessante, um treinador que conhece bem a casa". 

Ainda assim, Sérgio Conceição refere o importante é olhar para a formação azul e branca, ávida por conquistar os três pontos. 

"Tive a oportunidade de ver os títulos da conferência de Artur Jorge, ele não se referiu ao FC Porto. Disse apenas que deviam manter a identidade. Eu sou igual, devemos ser iguais a nós, vai ser um jogo contra um candidato de alguns anos, que é o Sp. Braga, mas estamos focados em ganhar. Este jogo não aparece na melhor altura e atrasámo-nos na conferência por dois motivos: estávamos à espera do Uribe, que apanhou um voo direto para aqui, e porque o Eduardo [fisioterapeuta] teve um discurso de 20 minutos. Fala muito e faz anos hoje. Mas devemos lutar pela vitória, é o que nos interessa". 

O treinador dos campeões nacionais assumiu, contudo, que o apedrejamento ao carro da sua família, após o jogo com o Club Brugge, (derrota por 4-0), a 13 de setembro, o "abalou" a si e à família, agradecendo a todos os quadrantes pelas palavras de apoio.

"Obviamente que foi uma situação que me abalou e que abalou a minha família. Claramente que sim e aproveito para agradecer o apoio, que foi de todos os quadrantes e sem distinção clubística. Deram uma palavra, tiveram um gesto de apoio para mim e para com a minha família". 

No seguimento da primeira reação ao caso, e numa conferência em que Sérgio Conceição quebrou o silêncio perante os jornalistas ao fim de 16 dias, o técnico lembrou a visita que teve na quarta-feira ao IPO-Porto para sublinhar a importância da família.

"Eu ontem [quarta-feira] tive uma visita que me tocou bastante ao IPO e, no final, tive uma declaração algo emocionada, onde dizia que trocava todas as vitórias e conquistas e momentos felizes que passei - e foram alguns neste clube e na minha carreira - pela vida daqueles miúdos". 

O treinador do FC Porto mostrou ainda o seu apoio a MehdI Taremi, avançado iraniano muito "massacrado" nos últimos dias e que tem sido marcado pela instabilidade no seu país, atendendo à violência religiosa contra as mulheres. 

"Lembro-me que jogámos contra o Rio Ave há uns anos e o Taremi jogava ali e quando analisamos esse Rio ave, creio que era treinado por Carlos Carvalhal, tive a sensação que o Taremi estava acima dos outros em termos de inteligência. As movimentações dele… e a minha equipa técnica sabe que eu o disse na altura. Não sendo muito rápido, é muito inteligente. Na vida ele também é assim, muito inteligente e um ser humano fabuloso. Para ele está tudo bem, não é um jogador que altera o estado emocional por isto ou aquilo. Para ele, que está farto de ser massacrado, o que importa é falar de futebol". 

O FC Porto-SC Braga, da 8.ª jornada da I Liga, terá Artur Soares Dias, juiz da Associação de Futebol do Porto. Este terá como assistentes Rui Licínio e Paulo Soares, e o papel de quarto árbitro estará a cargo de David Silva. Na Cidade do Futebol estarão ainda Hugo Miguel como VAR, e Bruno Jesus como assistente.

+ notícias: Desporto

Danny Namaso: “Tenho sempre a ambição de marcar para ajudar a equipa”

Após o apito final em Chaves, Danny Namaso, autor dos dois golos com que o FC Porto venceu (2-0) na 2.ª jornada do grupo A da Taça da Liga, mostrou-se “muito feliz, principalmente pela vitória” e por ter podido “ajudar a equipa”, algo que tem “sempre a ambição” de fazer.

FC Porto: Danny Namaso, o dono das Chaves. Crónica de jogo

O FC Porto é líder isolado do Grupo A da Taça da Liga depois de vencer em casa do Chaves, por 2-0, em partida referente à 2.ª jornada, com um bis de Danny Namaso (55m e 59m). Com uma ronda por disputar, o FC Porto soma quatro pontos, mais dois que Mafra e Vizela e mais um do que os flavienses.

A homenagem dos Sub-19 do Tondela a Fernando Gomes, bibota de ouro

A equipa de sub-19 do CD Tondela homenageou, esta quinta-feira, Fernando Gomes, melhor marcador da história do FC Porto e “bibota” de ouro, antes da partida com os 'azuis e brancos' com a oferta de uma camisola personalizada com o nome do antigo atleta. O momento foi assinalado nas redes sociais dos 'Dragões'.