Póvoa de Varzim: Autarcas recebem envelopes com bala e ameaças de morte 

Póvoa de Varzim: Autarcas recebem envelopes com bala e ameaças de morte 
| Norte
Porto Canal

O presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Aires Pereira, e o seu vice-presidente, Luís Batista, receberam esta terça-feira um envelope com duas balas no interior, revelou a autarquia em comunicado. Em causa está o início da demolição da desativada Praça de Touros da cidade.

O presidente da Assembleia Municipal, Afonso Pinhão Ferreira, foi outro dos visados. 

Os envelopes continham a seguinte mensagem: “Não é uma ameaça, muito menos um aviso, é uma previsão. Ou uma destas na testa. A vossa escolha é fácil. Não vamos gastar mais munições com envelopes”.

Os dois envelopes dirigidos a Aires Pereira e Luís Diamantino foram colocados na entrada do edifício da Câmara Municipal e o terceiro endereçado a Pinhão Ferreira foi entregue na clínica deste.

A Câmara Municipal redere que "a estranha ocorrência foi, de imediato, participada às autoridades de investigação criminal, a quem informámos das ameaças que ultimamente circulam nas redes sociais". 

O Município relaciona esta ameaça que considera “tresloucada” com a demolição da Praça de Touros da Póvoa de Varzim, iniciada ontem. “Não é mais que a tentativa desesperada de uma minoria de impedir a concretização de uma deliberação legitimada pelo voto (explicitamente assumida nas candidaturas autárquicas vencedoras em 2017 e 2021) e sancionada pela instância judicial junto da qual a minoria contestatária interpôs providência cautelar”, afirma a Câmara, que denuncia ainda uma “cultura de ódio às instituições e a quem as dirige”.

“Indiferentes às ameaças, e empenhados como sempre em honrar os compromissos que submeteram a sufrágio eleitoral e que colheram alargadíssimo consenso nos órgãos autárquicos municipais, os visados pela ameaça reafirmam que nada os demoverá do propósito de substituir um espaço anacrónico e de esporádica utilização por um palco de permanente promoção da arte e da cultura, reforçando este vetor estratégico de desenvolvimento da cidade”, termina o comunicado.

+ notícias: Norte

Galiza e Portugal, nações irmãs. Causa galega marcha pelas ruas do Porto e Gaia

A iniciativa promovida por um grupo de cidadãos da Galiza passará, este sábado, pelas ruas do Porto e Gaia, naquela que é, segundo a organização, a intenção de "tornar visível a questão galega".

Casa da Arquitetura vai montar exposição com espólio do Metro do Porto

A Casa da Arquitetura pretende mostrar o acervo da Metro do Porto nos próximos três anos, tendo o seu diretor considerado que a implementação deste sistema de transportes, há 20 anos, implicou uma "disseminação positiva" da sua linguagem arquitetónica.

Distrito de Vila Real com 4 mortos e 18 alertas de incêndio urbano desde outubro

No distrito de Vila Real foram contabilizados 18 incêndios urbanos desde o dia 1 de outubro, dos quais resultaram quatro vítimas mortais, dois feridos e dois desalojados, segundo disse o comandante operacional distrital, Miguel Fonseca, esta sexta-feira.