Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Testes rápidos de antigénio de uso profissional continuam gratuitos em fevereiro

Testes rápidos de antigénio de uso profissional continuam gratuitos em fevereiro
| País
Porto Canal com Lusa

Os testes rápidos de antigénio de uso profissional vão continuar a ser comparticipados no mês de fevereiro, tendo em conta a atual situação epidemiológica do coronavírus SARS-CoV-2, segundo uma portaria publicada hoje em Diário da República.

"No contexto da situação epidemiológica atual, importa continuar a assegurar a vigência do regime excecional e temporário até ao dia 28 de fevereiro de 2022, prosseguindo a utilização de testes para deteção do SARS-CoV-2", refere a portaria assinada pelo secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes.

Cada utente poderá fazer quatro testes rápidos de antigénio (TRAg) gratuitos por mês em farmácias, laboratórios de patologia clínica ou análises clínicas ou outros estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde com registo válido na Entidade Reguladora da Saúde para este efeito.

A portaria vigora até ao dia 28 de fevereiro de 2022, sem prejuízo da sua eventual prorrogação.

No âmbito deste regime, os testes rápidos de antigénio à covid-19 estão disponíveis em 1.351 farmácias e 684 laboratórios do país, segundo dados da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed).

Há ainda 56 estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde onde estes testes podem ser realizados gratuitamente.

A covid-19 provocou 5.614.118 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.703 pessoas e foram contabilizados 2.377.818 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A nova variante Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em vários países, incluindo em Portugal.

+ notícias: País

Pelo menos três mortos em acidente com autocarro na A1

 Pelo menos três pessoas morreram, quatro ficaram feridas com gravidade e 26 com ferimentos ligeiros no acidente com um autocarro que se despistou esta manhã na A1, na zona da Mealhada, a caminho de Fátima, informou a Proteção Civil.

Atualizado 21-05-2022 12:17

Portugal com 23 casos confirmados de infeção pelo vírus 'monkeypox'

Mais nove casos de infeção pelo vírus 'monkeypox' foram confirmados em Portugal, totalizando 23, anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS), que aguarda resultados relativamente a outras amostras.

Serviços mínimos não estão garantidos e há ambulâncias do INEM paradas

Mais de uma dezena de ambulâncias do INEM estão paradas devido à greve da Função Pública, segundo o Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, que revelou que o instituto não nomeou os elementos para garantir serviços mínimos, tarefa que o INEM diz não ser necessária.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

Festivais - Soam as guitarras